Mundo

Fotos: Após ‘Baleia azul’, jogo desafia jovens a costurarem pele e lábios

O novo desafio começou na China e tem se espalhando entre os adolescentes.

O novo desafio começou na China e tem se espalhando entre os adolescentes

A animação que "inspira" os jovens a iniciarem o desafio chama-se "Tokyo Ghoul",  lançado em 2011 em formato de mangá

A animação que “inspira” os jovens a iniciarem o desafio chama-se “Tokyo Ghoul”, lançado em 2011 em formato de mangá

Após o jogo “Baleia Azul”, que assustou e levou centenas de jovens a cometerem suicídio, um novo desafio surge e tem preocupado os pais ao redor do mundo. Desta vez, os adolescentes são influenciados a costurarem a própria pele e, algumas vezes, os lábios. O objetivo é copiar um personagem de desenho japonês, postar na internet e ficar popular.

A animação que inspirou os jovens a iniciarem o desafio chama-se “Tokyo Ghoul” e foi lançado em 2011 em formato de mangá. O personagem principal chama-se Juuzou Suzuya. Ele é visto com costuras nos lábios, pescoço e braços, em uma tentativa de ter o corpo modificado.

Os jovens têm postado suas fotos nas redes sociais e muitas delas têm “viralizado” pelo mundo. Em um site de relacionamento popular na China, eles chegam a divulgar dicas de como replicar os pontos pelo corpo.

Um dos adeptos que costurou o próprio corpo disse, em entrevista, que os seus amigos foram sua inspiração. “Eu olhei todos os meus amigos fazendo e decidi fazer também para sentir como era e experimentar”, confidenciou.

Veja abaixo algumas fotos e deixe o seu comentário no Verdade Gospel.

Fonte: Notícias ao Minuto

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

 

3 comentários

  1. Eduardo disse:

    Misericórdia esses jovens também só se enteressa por coisas fúteis.

  2. Cassimiro J de F Neto disse:

    ao invés de EVOLUIR os JOVENS estão REGREDINDO com essas IDIOTICES rs… ‘só DEUS na causa’

  3. Carlos Pulcher disse:

    O diabo veio para matar, roubar e destruir. Que o Senhor DEUS tenha misericórdia dos nossos jovens e do nosso Brasil.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*
*

Você tem caracteres para usar.