Mundo

Avião cai em Havana com mais de 100 pessoas a bordo

Uma fotografia postada no Twitter mostra uma coluna de fumaça negra e espessa visível a partir do saguão do aeroporto

Uma fotografia postada no Twitter mostra uma coluna de fumaça negra e espessa visível a partir do saguão do aeroporto

Um Boeing 737 pertencente à companhia aérea Cubana de Aviación caiu pouco depois de decolar do Aeroporto Internacional José Martí, em Havana. As primeiras informações são de que a aeronave levava 104 passageiros e nove tripulantes. Ele teria saído às 12h08 (13h08, em Brasília). Os bombeiros trabalham no local, uma área rural próxima ao Terminal 1, para conter as chamas. Não há notícias a respeito de sobreviventes.

O presidente Miguel Díaz-Canel está no local e acompanha o resgate. “Parece que há um grande número de vítimas”, afirmou, em entreivista à agência France Presse.

Segundo a imprensa local, há estrangeiros na lista de tripulação e de passageiros. Roberto Peña Samper, presidente da Corporação da Aviação Cubana S.A, declarou que a aeronave pertencia a uma empresa mexicana e que a Cubana de Aviación alugou o avião.

Uma fotografia postada no Twitter mostra uma coluna de fumaça negra e espessa visível a partir do saguão do aeroporto. O avião teria partido em direção à cidade de Holguin, no leste da ilha, e caído sobre a autopista Rancho Boyeros, na capital cubana.

Deixe o seu comentário no Verdade Gospel.

Fonte: Correio Braziliense

Um comentário

  1. jack disse:

    as familias das vitimas devem serem indinímisado…

Comentários encerrados.