Mundo

Conmebol investiga ‘Nacional’ por torcida imitar avião da Chapecoense

Confederação abre ação contra torcida do Nacional que imitou avião em jogo diante da Chapecoense. Nas imagens, um dos torcedores mostrados, faz o sinal de que o confronto "acabou" e inicia os gestos de avião

Confederação abre ação contra torcida do Nacional que imitou avião em jogo diante da Chapecoense. Nas imagens, um dos torcedores mostrados, faz o sinal de que o confronto “acabou” e inicia os gestos de avião

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) abriu ação nesta quinta-feira (1º) contra a torcida do Nacional, que, em partida válida pela fase prévia da Copa Libertadores, na Arena Condá, imitou um avião, provocando em alusão ao acidente que vitimou grande parte do time e da delegação do clube catarinense.

“A Unidade Disciplinária da Conmebol tomou conhecimento do comportamento ofensivo que atenta contra a dignidade humana, […] considerando imagens videográficas, nas quais pode-se confirmar claramente as infrações do Regulamento Disciplinário da Conmebol, cometidas pelos torcedores do Club Nacional de Football”, escreve a entidade, em comunicado.

Nas imagens, captadas pelo cinegrafista Paulo dal Bello, um dos torcedores mostrados, de shorts azul, primeiramente faz o sinal de que o confronto “acabou”, já que o Nacional bateu a Chape por 1 a 0 fora de casa e necessita só do empate para se classificar à próxima fase no jogo de volta, em Montevidéu.

Depois, o mesmo indivíduo inicia os gestos de avião, que duram por cerca de dez segundos. Ao lado dele, um de seus colegas faz sinais obscenos em direção à câmera, mas nada em alusão ao acidente.

A equipe uruguaia responderá pelo artigo 14 do regulamento disciplinário da Conmebol, que, dependendo do veredicto, pode aplicar uma multa de pelo menos 3 mil dólares; fazer o clube em questão atuar fora de seu estádio ou com portões fechados; e, nos casos mais extremos, deduzir pontos do time ou a eliminação sumária da Libertadores.

O Nacional tem até quinta-feira, dia 8 de fevereiro, para apresentar provas de defesa que achar convenientes.

Em comunicado, o time da capital uruguaia lamentou, ainda na quinta-feira, as provocações.

“Em nome do Club Nacional de Football, profundamente consternados, enviamos o nosso mais íntimo e profundo sentimento de vergonha por gestos feitos por dois torcedores da nossa instituição durante a partida de ontem”, pronunciou-se o ‘Tricolor’.

O clube de Montevidéu anunciou que abriu uma investigação para punir os responsáveis pelos gestos e garantiu que caso se trate de sócios, eles serão expulsos imediatamente.

“Lamentavelmente, muitas mentes doentes levam sua irracionalidade aos palcos esportivos. O Nacional fez ingentes esforços, como geralmente os clubes do continente fazem, para evitar episódios desta natureza”, acrescentou.

A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Estádio Gran Parque Central, em Montevidéu.

Deixe o seu comentário no Verdade Gospel.

Fonte: ESPN

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*
*

Você tem caracteres para usar.