Brasil

Conta de luz vai aumentar; veja como economizar até 30%

Reajustes de 10,3% para consumidor da Light e de 21,04% da Enel

Reajustes de 10,3% para consumidor da Light e de 21,04% da Enel

Apesar do aumento anunciado na conta de luz que valerá a partir desta quinta-feira (15), os consumidores do Estado Rio têm alternativas de conseguir algum alívio no fim do mês. ‘O Dia’ dá dicas que possibilitam uma economia de até 30% na conta. Com os reajustes médios da Light (10,36%) e da Enel Rio, antiga Ampla (21,04%) autorizados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e com o uso frequente de ar condicionado, ventilador, chuveiro e geladeira por conta do calor, embora o verão já esteja se despedindo, é preciso evitar desperdícios para que a conta de energia elétrica não estoure o orçamento familiar.

Uma boa maneira para economizar, segundo a Light, é priorizar o controle dos aparelhos classificados como vilões do consumo. Os maiores deles são: ar condicionado, chuveiro, geladeira, iluminação e computador.

Ar condicionado é o vilão

De acordo com a concessionária, se o aparelho de ar ficar ligado o dia todo, será responsável por 40% a 50% do consumo total da casa. Então, a orientação é abrir as janelas e deixe o ar natural ventilar a casa. Se preciso, use um ventilador, que é mais econômico. Mas priorize os de hélice menores pois consomem menos energia que os de peças maiores.

Além das tarifas de baixa tensão, que atingem as residências, a Aneel aprovou reajuste médio de 13,40% para consumidores conectados à alta tensão da Light e para consumidores industriais, atendidos em alta tensão da Enel, a alta será de 19,94%, em média.

O encarecimento da conta de luz nos últimos quatro anos superou a inflação acumulada no período, de 28,86%, segundo dados divulgados pelo IBGE.

Dicas para gastar menos

Ar-condicionado: Mantenha o filtro sempre limpo e o termostato regulado, além de portas e janelas dos ambientes bem fechadas ao usar. Proteja a parte externa da exposição do sol. Não bloqueie a grade de ventilação. Ao sair do ambiente, desligue o aparelho.

Chuveiro elétrico: Evite banho demorado e em horários de pico (de 18h às 21h). Use a chave seletora na posição verão que reduz o consumo de energia em até 30%. Ao se ensaboar, desligue a torneira do chuveiro.

Geladeira e freezer: Instale em locais afastados de parede, sol e fogão. Tire e guarde alimentos de uma só vez. Não guarde alimentos quentes, nem sem tampas. Não forre as prateleiras, pois dificulta a circulação do ar. Não coloque roupas para secar na parte de trás.

Lavar e passar: Junte grande quantidade de roupas e passe e lave de uma só vez. Mantenha o filtro da máquina de roupas sempre limpo. Desligue o ferro quando for interromper o serviço. Use a temperatura indicada para cada tipo de tecido e comece pelas peças mais leves.

Iluminação: Substitua lâmpadas incandescentes por fluorescentes, que consomem até 75% a menos e duram mais. Durante o dia, aproveite a iluminação natural. Abra janelas e cortinas. Apague as lâmpadas de ambientes desocupados.

Procure pintar paredes e tetos com cores claras, que refletem melhor a luz e diminuem a necessidade da iluminação artificial.

Bomba d’água: Evite ligar a bomba várias vezes. Elimine vazamentos. Regule o tempo das válvulas de descargas. Verifique o funcionamento da boia.

Instalações elétricas: Elimine emendas mal feitas, fios ou cabos desencapados, ou com isolamento comprometido. Evite o uso de benjamins. Eles provocam sobrecarga nas tomadas e podem causar acidentes. Elimine sobrecarga nos circuitos para evitar o aquecimento dos condutores.

Ao adquirir equipamentos elétricos, confira a voltagem para saber se a fiação suporta a nova carga.

Deixe o seu comentário no Verdade Gospel.

Fonte: O Dia

3 comentários

  1. André Brandão disse:

    VILÃO NÃO É O CONSUMIDOR! Sabe por que a energia está mais cara? POR CAUSA DA CRESCENTE PARTICIPAÇÃO DA ENERGIA EÓLICA, que é uma energia CARA e INEFICIENTE! 14000 MW( 1 hidrelétrica) 13000 MW (TODOS os mais de 250 parques eólicos). Estão encarecendo a energia com SEU DINHEIRO. ASS: Eng. Eletricista

  2. PEDRO ACREANO disse:

    Tudo certo. Principalmente no quesito instalações elétricas. Aqui em casa eu fiz as contas após correção destas e vi que praticamente dei dois carros zeros prá concessionária. Exagerem também no aterramento bem feito. Vocês verão a diferença.
    Questão: Porque o gov. não subsidia fontes alternativas?

    1. Os consumidores residenciais pagam 8 vezes o que pagam os consumidores comerciais, portanto nós subsidiamos o denominado setor produtivo, embora o consumo residencial é mais ou menos 30% do consumo total de energia elétrica.

Comentários encerrados.