Brasil

Corpos ‘da família’ imperial brasileira são exumados; entenda

O trabalho inédito está estudando os restos mortais de d. Pedro 1º, sua primeira mulher, d. Leopoldina, e a segunda, d. Amélia

Os corpos de três membros da família imperial brasileira – d. Pedro 1º, sua primeira mulher, d. Leopoldina, e a segunda, d. Amélia – foram exumados e submetidos a análises físicas, químicas e a exames de imagem na Faculdade de Medicina da USP. (Veja abaixo infográfico detalhado sobre o caso).

O trabalho, liderado pela historiadora Valdirene Ambiel, fez parte de dissertação de mestrado defendida no Museu de Arqueologia e Etnologia da USP. As informações foram publicadas no jornal “O Estado de S.Paulo”.

Uma das motivações para o estudo foi a preocupação com a conservação dos corpos, sepultados no Monumento à Independência, em São Paulo.

“Há infiltrações, problemas de manutenção e o relevo não ajuda”, diz Valdirene. A urna de d. Pedro estava se esfacelando, tanto que foi necessária a confecção de um novo caixão”.

Mumificação 

Antes da abertura de cada urna, a pedido da família, um padre realizava uma cerimônia em latim, segundo a pesquisadora, bolsista da Capes.

A maior surpresa encontrada logo após a abertura foi no caixão de d. Amélia. Já se sabia que o cadáver estava preservado, mas não se imaginava quanto. “Cílios, unhas, cabelo, tudo inteiro”, diz Valdirene.

O médio Edson Amaro Jr., professor associado de radiologia na Faculdade de Medicina da USP, destaca também o cérebro. “O órgão conservou sua morfologia. É possível observar até os giros. Isso vai motivar pesquisas futuras”.

Depois da abertura e de análises preliminares, para verificar a presença de fungos, por exemplo, os corpos passaram por tomografia. Mas, para isso, foram levados até o Hospital das Clínicas. A remoção foi cercada de cuidados. O interior dos caixões ganhou uma espuma para fixar os esqueletos no percurso entre o Monumento à Independência, na zona sul, e o HC, na região oeste.

Etapas

O transporte foi realizado em etapas: d. Leopoldina em março, d. Pedro em abril e d. Amélia em agosto. Os corpos saíam da cripta mais ou menos às 21h e eram devolvidos entre 4h e 5h da manhã.

Para chegar ao prédio do HC onde foram feitas as tomografias, os restos mortais entraram no complexo pelo Serviço de Verificação de Óbitos e passaram por um túnel subterrâneo – tudo para garantir o sigilo da operação.

A ossada de d. Pedro foi a única a passar por decapagem – retirada de resíduos dos ossos – antes dos testes e também a única a ser submetida à ressonância.

Entre os achados dos exames, destaca-se a aparente ausência de fratura no fêmur de d. Leopoldina. Acreditava-se que a imperatriz teria sido empurrada de uma escada por d. Pedro, o que teria levado à sua morte. Os testes também permitiram identificar que a imperatriz foi sepultada com a roupa da coroação.

No imperador, não foram encontrados sinais de sífilis na ossada, o que não chega a descartar que ele tivesse a doença como se suspeitava, segundo o médico Paulo Saldiva, professor de patologia na USP.

“Seria possível confirmar por meio de biópsia do coração dele, que está preservado em Portugal”.

Amaro Jr. lembra que o trabalho é só um primeiro passo para pesquisas futuras. Uma das possibilidades é fazer uma reconstrução 3D, como um “d. Pedro virtual”. Até a voz poderia ser reconstituída a partir de medidas ósseas, diz Saldiva.

Deixe o seu comentário no Verdade Gospel.

Fonte: Folha

21 comentários

  1. Rodrigo/AVEC disse:

    Mesmo sendo importantes para a história brasileira,o império português cometeu brutalidades contra índios e negros vindos da áfrica para servirem como escravos. Vamos relembrar também esses fatos tristes,por que toda história tem dois lados da moeda!

  2. Eraldo Moulin disse:

    Não me lembro de ter aprendido tanto sobre estes portugueses.
    Muito cruel este imperador, jogou a pobrezinha da esposa de escada a baixo!

  3. Lúcia Cristina Arruda Zucarelli disse:

    ESTUDO DE RELATIVA IMPORTÂNCIA. ONDE ENCONTRAMOS UM SISTEMA QUE LEVA MESES PARA MARCAR UM SIMPLES RAIO X .

  4. Florindo disse:

    Bom será o dia em que os corpos exumados forem do Sarney, Maluf, Collor, Lula, Dilma, Serra…

  5. Superinteressante! Verdadeiramente matérias desse tipo são raras.

  6. ademir leon disse:

    Muito boa a matèria . Parabens.

  7. Juliana disse:

    Matéria muuuito interessante! É legal conhecermos mais detalhes sobre a história do nosso país!

  8. Ligia disse:

    muito boa matéria….sobre nossa história do passado e nossa cultura…..!!!!Parabénss!!!!!

  9. Dudu disse:

    Lendo alguns comentários… penso que este é o preço que pagamos pela inclusão digital… é tanta palhaçada e asneira que dizem…

  10. Dudu disse:

    Como tem gente ignorante que mistura ‘crianças morrendo com fome’, qual é a importância disto? e porque a família real? Isto nem precisa de resposta, mas a resposta é: A importância da história e e a formação da consciência nacional, sentir-se brasileiro, ter uma memória como nação, um País, uma Nação é feita de memórias, o País que esquece a sua, e não zela por ela, cai,enfraquece, desaparece, se pulveriza !!!Logo isso não tem nada a ver com meninos morrendo de fome(que o governo deve amparar)

  11. FIQUEI………TAO…..EMOCIONADO…….COM……..
    .
    ESTA……………..NOTICIA……..QUE…
    .
    QUASE…….CHOREI…

  12. Thiago.T.S disse:

    Isso é muito importante para a Historia do nosso pais, e é de muita importancia sim, estudos, historia e seus personagens. O que é errado é a corrupção e nós que votamos em gente corrupta, isto é a pricipal causa das crianças que passam fome……..

  13. Wil disse:

    … Não há nada escondido que não venha a ser revelado, nem oculto que não venha a se tornar conhecido
    Mateus 10:26 . Deus está espondo toda a verdade para que seja conhecido o seu poder e destruido a soberba dos homens, quer sejam reis ou servos. Reina Jesus!

  14. Sandra Mara da Conceição Menezes disse:

    Tanto anos isso agora q eles estão mexendo no corpo ninguem merrece

  15. Rodrigo/AVEC disse:

    Isso pra mim só mostra como somos tão frágeis. Podemos ser ricos ou pobres,branco ou negro,ter posição de destaque ou não,mas o preço do pecado é a morte,mas a graça da salvação pertencem a DEUS!!!

  16. John disse:

    Todos somos Reis e Rainhas dos vermes.

  17. Rosangela disse:

    Qual o propósito disso? Por que teve de ser logo a familia imperial?

  18. rogerio araújo disse:

    MUITO LEGAL.NO BRASIL Ñ TEM NADA MAIS IMPORTANTE PRA SE GASTAR DINHEIRO,DEIXEM CRIANÇAS DESNUTRIDAS MORENDO DE FOME E VÁ CUIDAR DOS RESTOS MORTAIS DA FAMÍLIA IMPERIAL.PALHAÇADA.

  19. ROGERIO disse:

    Tudo é pó !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  20. HUMMMbertoh disse:

    É impressionante o que a ciência é capaz de fazer nos nossos dias. Mas, como cristão bíblico, afirmo que tal ciência nada pode dizer sobre o destino das almas humanas depois da morte. Porém Jesus garantiu a um dos ladrões na c ruz: “Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso”. Não foi preciso batismo (como pensam alguns que é preciso), nem de ‘purgatório’ (como imaginam os católicos, por isso o inventaram). “O mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão”

  21. O meu coração senti, ressenti pela família imperial!
    Faz parte de nosso brasil, pois eles foram peças fundamentais, pela formação desta nação!

Comentários encerrados.