Brasil

‘Fumar maconha é prejudicial a saúde’, diz revista Veja

A revista Veja do mês de outubro traz uma excelente matéria que, baseada em pesquisas sérias e atuais, comprova o que muitos já sabem e o que outros tentam mascarar: a maconha faz mal a saúde. Acredita-se que um milhão de brasileiros fumam maconha por dia, convencidos de que ela não faz mal nenhum.

Também conhecida como “erva maldita”, a maconha ganha hoje um toque de ‘inocente produto orgânico’. Por isso, não é incomum ver ‘baseados’ sendo acessos sem a menor cerimônia nos mais variados espaços: praças, praias, festas, shows, áreas de lazer dos condomínios, imediações das escolas… Porém, tal ato é considerado crime pela lei penal brasileira.

Comprovação científica

Segundo a matéria publicada pela revista Veja, a ciência vem produzindo provas de que o consumo da cannabis – maconha – faz muito mal para o usuário crônico (quem fuma um cigarro por semana durante um ano). E se o consumo for na adolescente as consequências são piores e se arrastarão para o resto da vida.

Estudos de treze renomadas instituições de pesquisas, entre elas as universidades de Duke, EUA e de Otago, Nova Zelândia, os pesquisadores acompanharam 1.000 voluntários durante 25 anos. Eles começaram a ser estudados a partir dos 13 anos, em dois grupos: fumantes e não fumantes de maconha.

Ao compararem os grupos ficou clara a questão do dano à saúde dos adolescentes usuários de maconha que mantiveram o hábito até a idade adulta, como: queda significativa no desempenho intelectual e baixo rendimentos em testes de memória, concentração e raciocínio rápido.

“Se o usuário crônico acha que está bem, a ciência mostra que ele poderia estar muito melhor sem a droga. A maconha priva a pessoa de atingir todo o potência de sua capacidade”, afirma um dos mais respeitados estudiosos no assunto, o psiquiatra Ronaldo Laranjeira, da Universidade Federal de São Paulo.

Com mais de 220 milhões de usuários no mundo, a maconha é internacionalmente a droga ilícita mais popular, sendo que cerca de 60% são adolescentes. Quanto mais precoce for o consumo maior o comprometimento cerebral.

Legalização

Um dos argumentos para a legalização da maconha é que se ela for vendida legalmente a mesma seria cultivada dentro da lei e industrializada. Haveria aumento de oferta e os preços cairiam. Já os traficantes seriam ignorados e perderiam a sua ‘utilidade’, levando consigo os roubos, assassinatos, corrupção policial que a repressão à maconha provoca. Porém, é valido lembrar que traficante não vende só maconha.

É imprescindível que as evidências científicas sobre os incontestáveis danos da maconha a saúde sejam levados em conta na hora de se discutir a legalização da mesma no Brasil, pois a população só tem a ganhar com isso.

Deixe o seu comentário sobre essa matéria no Verdade Gospel.

50 comentários

  1. gabriel disse:

    eu nao acredito em algumas coisas q leio por ai, em lugares e revistas que prefiro nem citar o nome, mas VEJA bem o que vale a pena filtrar !!!!!!

  2. Vaquinha disse:

    Abram suas mentes, parem de acreditar em revistas e televisão, a ciência é falha, todos nós sabemos…
    Deus, não pune ninguém, nós nos punimos simplesmente, colhemos o que plantamos, eu fumo porque quero e ponto final esse é MEU carma…
    O Kardecismo não é à favor das drogas, pelo contrário, porém não impedimos ninguém de fazer nada, assim como Deus não impede. Não se deve sujar o nome de Deus com essas besteiras de céu e inferno como espaço geográfico, ISSO NAO EXISTE! (se é que me entendem)

  3. dora disse:

    nossa! q novidade

  4. Roberto disse:

    A teoria da legalização da droga é uma utopia. Muitos dizem: “Ahh, o cigarro e a bebida são liberados, por que a maconha não é?”, mas esquecem os malefícios que tais trazem à sociedade. Eu sou a favor das liberdades individuais, porém que não interfiram outros a seu redor. As drogas têm se mostrado agirem não só nos usuários, mas na sociedade em geral. Um exemplo maior disto é o crack, que por sinal, o álcool, o tabagismo e a maconha, além de problemas sociais, servem de um meio para este.

  5. Ana Manuela disse:

    Há ee outra coisa o extermínio do tráfico não é a unica, solução apresentada para liberação de seu uso!

  6. Ana Manuela disse:

    É absurdo o disse me disse, não só da Revista Veja como todos os sites; por exemplo este; põe logo as cartas na mesa e discuta as leis, ninguém mostrou até agora além do site “pense livre” a pesquisa que foi feita em sua integra e sim pequenos trechos que não favorecem em nada a opinião publica.Acho que a questão de adolescentes fumando é uma questão de educação familiar e não incentivo de traficante ou fumante, porque não proibem o cigarro que é 4.700 vezes mais agressivo do que a maconha?????

  7. Isaias Mendonça disse:

    A legalização dessa droga jamais vai acabar com o tráfico. Por exemplo, o cigarro é uma droga lícita, comercializada livremente e arrecadado imposto sobre a comercialização. Contudo, o contrabando do Paraguai é enorme. Gera milhões de reais. Eu moro na fronteira, sei do que estou falando. Já existem no Brasil traficantes que deixaram de traficar drogas ilícitas para contrabandear cigarros, pelo baixo risco, por ser lucrativo e pena menor, se for pego.

  8. Felipe Arruda disse:

    ”E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda a erva que dá semente, que está sobre a face de toda a terra; e toda a árvore, em que há fruto de árvore que da semente, ser-vo-a para mantimento.” Gênises 1.29

  9. T-Ago disse:

    O assunto realmente é muito obvio, porém pertinente no que se trata de alerta social, pois a cada dia aumenta o numero de usuários de drogas “pesadas” a maconha e as licitas seriam portas de entrada a iniciação. Jrgeeks, comentario preconceituoso, hein… O pior cego (alienado) é aquele que nao quer ver…

  10. Há pessoas que se dizem ser entendidas, mas são loucas. Qualquer um que ficar perto de qualquer fumaça vai perceber que o nosso organismo não foi feito para respirar fumaça. Mas, a ignorância é tanta que acha gente para defender o uso de uma droga. Qual é o beneficio em inspirar fumaça. Os gênios que defendem o uso da maconha, me respondam: Os pulmões do ser humano servem pra quê? Se tivermos de respirar apenas oxigênio ou apenas a fumaça da maconha,, o que irá acontecer com a nossa saúde?

Comentários encerrados.