Gospel

Massacre: Pastor denuncia assassinato brutal de 200 cristãos na Nigéria

"Se nada for feito, cristãos serão apenas história na Nigéria", diz pastor Gideon Para-Mallam, após a morte de mais de 200 cristãos em ataques simultâneos na Nigéria

“Se nada for feito, cristãos serão apenas história na Nigéria”, diz pastor Gideon Para-Mallam, após a morte de mais de 200 cristãos em ataques simultâneos na Nigéria

Quase 11 aldeias foram atacadas simultaneamente no Estado de Plateau, na Nigéria, no último fim de semana, levando à morte de mais de 200 cristãos (número atualizado) e os pastores locais a pedirem reconhecimento e assistência.

O reverendo Gideon Para-Mallam criticou o derramamento de sangue que aconteceu no Estado de Plateau, na Nigéria, em um vídeo recente.

Os relatórios oficiais indicam que o número de mortos é de 86, porém os moradores dizem que as autoridades mentiram para esconder as mortes em massa.

“O estado de Plateau tornou-se não simplesmente um campo de extermínio ao longo dos anos, mas agora uma terra onde correm rios de sangue”, diz Para-Mallam em um vídeo.

Para-Mallam é o secretário regional da Irmandade Internacional de Estudantes Evangélicos em Jos, na Nigéria. Ele também fundou o grupo Citizens Monitoring Group, que trabalha com muçulmanos e cristãos na Nigéria.

“O que aconteceu no estado de Plateau no último final de semana e Ali Plateau em parte desta semana, é muito triste, é decepcionante. O ciclo de violência e derramamento de sangue visitou novamente o povo pacífico de Plateau”, disse o pastor.

“A história está se repetindo. Em 2010 ocorreu o massacre de Dogo Nahawua. Mais de 500 pessoas foram assassinadas em um só dia. E isto se tornou um padrão que continua desde 2010 até agora. A todo momento, alguém é assassinado nas vilas. Não uma vila, mas duas, três vilas. De fato, na última semana, 11 vilas foram atacadas quase que simultaneamente durante um longo período de dias”, acrescentou.

Para-Mallam destacou que há um razão específica para esses ataques e a motivação destes terroristas é de fato a intolerância religiosa.

“Por que isto está acontecendo? Nós temos que entender esses assassinatos. Este é um outro Boko Haram, só que disfarçado e são os terroristas Fulani. O mesmo povo Fulani que vivia pacificamente com os fazendeiros repentinamente deixaram suas varas e cajados que usavam para tocar seu gado para passar pelas fazendas, matando fazendeiros, destruindo vilas, espancando e matando fazendeiros cristãos, matando mulheres, matando crianças, incendiando casas, expulsando-os de suas próprias casas”, afirmou.

“Uma agenda muito clara está emergindo. Isto está acontecendo, porque o estado de Plateau é o epicentro do cristianismo e muito significante na Nigéria”, acrescentou.

O pastor clamou por ajuda e alertou para uma possível extinção dos cristãos da Nigéria, se nada for feito para impedir esta matança.

“A menos que alguma coisa seja feita para parar isso, o cristianismo na Nigéria se tornará apenas história”, lamentou.

Leia também: Nigéria: Cristã viúva conta como superou ataque terrorista do Boko Haram

Deixe o seu comentário no Verdade Gospel.

Fonte: Guiame, World Watch Monitor e CPAD News

14 comentários

  1. Cláudio André Dias disse:

    É Deus pedindo para que eu ore mais. O poder de Deus está sempre disponível porém eu perdi o foco. Eu estou inchado de vaidades e irmãos estão sofrendo. Uns morrem e pelo menos deixam este mundo nojento. Outros vivem para ficar comendo nas mãos de satanás. Orerei se conseguir para que tenham paz.

  2. enor disse:

    …DADOS E POLITICOS CORRUPTOS, ÍAMOS QUERER OQUE ?

  3. enor disse:

    E AI O PAIS PORCARIA QUE É O BRASIL HOJE, APROVA UMA MALDITA LEI DE MIGRAÇÃO QUE SEQUER AVERIGUA A ORIGEM DESSES INTRANTES. QUE PORRA DE PAÍS E ESTE QUE DIABOS DE PARLAMENTARES ESTÃO REPRESENTANDO O POVO. BOM UM PAIS QUE JÁ COMEÇÕU MAL, COM VAGABUNDOS QUE J[A AI ESTAVAM, VINDO MAIS PRESOS E DEGRE..

  4. Jonas disse:

    É REVOLTANTE QUE OS GOVERNANTES OCIDENTAIS SAIBAM O QUE ACONTECE NOS PAÍSES ORIENTAIS E NÃO FAÇAM NADA PARA OBRIGAR OS GOVERNANTES LOCAIS A TOMAREM UMA ATITUDE. CRITIQUEM QUEM QUISER MAS EU ACHO QUE OS CRISTÃOS DESSES LOCAIS DEVERIAM SE ARMAR PARA DEFENDEREM SUAS VIDAS E DE SUAS FAMÍLIAS.

  5. cade o direito humano internacional para dar um freio nisso,a midia internacional fechou os olhos para essa astrocidade,si fosse essa matança com os homosexuais o mundo inteiro estaria pressionando os governos para darem um satisfacao mas e os crentes que si dane Deus vai cobrar todas essas mortes.

  6. Dreika disse:

    Cade os direito d humano, nessa causa, eles nao entra…infelizmente ! !!

  7. Rute Dalva Santos disse:

    Lamentável! Que Deus tenha misericórdia de seu povo. Oremos pela igreja perseguida!

  8. joão de Deus disse:

    é lamentável tomar conhecimento de um noticia como essa, nós aqui do brasil não podemos deixar de continuar orando pelos nossos irmãos perseguidos

  9. levi varela disse:

    Devem os cristãos se munirem de armas e formarem um exército de defesa. Se preciso for, cristãos de outros países ajudem com recursos e orientações militares. Não há racionalidade divina em extermínios, afinal homem tem por obrigação reagir a extermínios em massa. Deus nos fez saudáveis e vivos,

  10. Agente de Polícia Civil Xavier disse:

    São sinais da volta de Jesus.

  11. FATO LAMENTÁVEL, DE FATO, E ABOMINÁVEL AOS OLHOS DO BONDOSO CRIADOR! TUDO, POR FALTA DE AMOR, COM O PURO ÓDIO EM PAUTA! QUE GRANDE HORROR!

  12. Maria Regina Carneiro Barbosa disse:

    Peçamos ao nosso Soberano Deus em nome do seu filho amado Jesus Cristo que console os demais irmãos, e conforte o coração daqueles que perderam seus antes queridos. E que a bondade e a justiça do Senhor possa ser feita aos irmão na Nigéria. Agradeço ao Senhor, porque ele cuida do seu povo.

    1. PEDRO ACREANO disse:

      Foi o melhor comentário…Parabéns irmã Maria Regina…Que Jesus Cristo nunca te desampare.

  13. Mari disse:

    É lamentável ver o ódio fundamentado e travestido em religiosidade. Matar em nome de Deus, é simplesmente uma blasfêmia contra o autor e criador das nossas vidas. A mídia em geral não divulga essas notícias por ser também coniventes com essas barbares.

Comentários encerrados.