Brasil

Moro defende fim do foro privilegiado diante de Temer e Moreira Franco

O juiz Sérgio Moro defendeu o fim do foro privilegiado ao receber um prêmio em São Paulo. Foi aplaudido por todos os presentes, exceto por Temer e seus ministros

O juiz Sérgio Moro defendeu o fim do foro privilegiado ao receber um prêmio em São Paulo. Foi aplaudido por todos os presentes, exceto por Temer e seus ministros

Ao receber um prêmio em São Paulo, na noite de terça-feira (5), o juiz federal Sérgio Moro, responsável por julgar casos da Operação Lava Jato na Vara de Curitiba (PR), defendeu o fim do foro privilegiado ao lado de autoridades que, recentemente, se beneficiaram do tratamento diferenciado na Justiça, entre eles o presidente Michel Temer e o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, já acusados pelo Ministério Público (MP).

Ao defender o fim do foro, Moro foi aplaudido de pé, menos por Temer e seus ministros — além de Franco, estavam no evento Henrique Meirelles, da Fazenda, e Hélder Barbalho, da Integração Nacional, informa o Blog do Noblat do ‘O Globo’. O evento, chamado Brasileiros do Ano, foi promovido pela Revista Isto É e reconheceu pessoas que se destacaram nas mais variados setores. “Como juiz, também tenho direito a esse benefício e não vejo nenhum problema que ele seja retirado”, discursou Moro.

O juiz também pediu que o Supremo Tribunal Federal (STF) não recue da decisão de permitir que políticos condenados em segunda instância sejam presos. O tema, que está para ser analisado pela Corte, é polêmico e, apesar de contar com grande apoio popular, pois promete reduzir a demora da Justiça em punir, enfrenta resistências de juristas, que consideram a medida inconstitucional, por não dar direito ao réu de recorrer a todas as instâncias antes de cumprir pena.

Julgamento sobre foro foi interrompido

Mudanças no instituto do foro privilegiado já contam com a aprovação da maioria dos ministros do STF. Julgamento sobre o tema no Supremo, no último dia 23, terminou com voto favorável de seis dos 11 ministros a restrição do privilégio. No entanto, apesar de a mudança já contar com placar suficiente, o julgamento acabou adiado, depois de o ministro Dias Toffoli pedir vistas para analisar melhor a matéria. Não há data para que a votação seja retomada.

Deixe o seu comentário no Verdade Gospel.

Fonte: Coreio Braziliense

7 comentários

  1. Matheus disse:

    Se tiver PSDB,Moro fica cego.

  2. otavio disse:

    Aécio- solto, Temer-solto e na presidencia, Padilha e moreira franco- soltos e ministros. A lava jato e mORO so serviram pra entregar obras do Brasil para empreiteiras estrangeiras e entregar o pre sal e a Eletobras p os gringos, p defender esses crimes contra o BR so sendo Idiota ou mal carater…

  3. otavio disse:

    Antes de mORO o Brasil tinha pleno emprego, graças as obas da cadeia de oleo e gas da PETROBRAS, depois do mORO 15 milhões de desempregados, antes de mORO empresas de engenharia nacional tocando obras em todos os continentes, depois de mORO empresas quebradas Brasil entregue a empresas multinacionai

  4. otavio disse:

    Pq será que no escândalo do BANESTADO do Paraná, no caso em que o “juiz” tbm era o mORO, envolvendo politicos do PSDB, nenhum rico e/ ou politico foi preso e o Alberto Youssef envolvido ainda ficou ficou solto? Para poder participar dos roubos na PETROBRAS? Q justiça é essa q deixa bandido a solta.

  5. João Paulo Pereira disse:

    A justiça brasileira se divide em duas fases: AM e DM. Antes de Moro: só os pobres eram presos; Depois de Moro: os ricos também são presos. Quem é contra ele é porque deve gostar de corrupção ou deve achar que a justiça é só para alguns. Basta de impunidade! 10 para Moro e 0 para Gilmar Mendes!

  6. Vai ser muito difícil os políticos aprovarem o fim do foro privilegiado, até porque, ele protege as falcatruas deles e as coisas erradas que eles fazem com o dinheiro público, ou seja, enriquecendo com o mesmo através de desvios das obras superfaturadas para poderem receber a maldita propina.

  7. Cláudio disse:

    Um juizeco desse sendo ” premiado” por uma mídia desonesta e corrupta chamada rede globo lixo e seus filhotinhos: isto é, veja e outros lixos. Esse moço “herói” é o personagem pruncipal da globo, isto é , veja e outros lixos por aí. A mídia caminha na sombra do Judiciário brasileiro.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*
*

Você tem caracteres para usar.