Gospel

Nível de violência contra cristãos é alarmante no Egito

Imagem: Divulgação

Em 2013, a Irmandade Muçulmana cumpriu várias ameaças de “eliminar o cristianismo” da nação. Agora, um novo grupo extremista, Movimento Hasm, é responsável por diversos ataques realizados nos últimos meses

O início de 2017 apresentou uma série de ataques violentos contra os cristãos egípcios. Em apenas duas semanas, cinco foram mortos no Cairo e Alexandria. Seus corpos foram encontrados com todos os objetos de valor, indicando que o motivo das mortes não teve relação alguma com roubo. Uma das vítimas, Youssef Lamei, tinha sido ameaçada por muçulmanos salafistas (membros do movimento ortodoxo ultraconservador dentro do islamismo sunita) pouco antes do ataque.

As mortes aconteceram apenas um mês após o bombardeio de dezembro, que matou 27 cristãos e deixou vários feridos. Acredita-se que os ataques foram realizados por grupos militantes islâmicos. Agora existe um novo grupo extremista conhecido como Movimento Hasm, responsável por diversos ataques realizados nos últimos meses.

“Muitos cristãos estão morrendo por causa desses grupos extremistas islâmicos, mas também há uma grande preocupação por conta das mortes de profissionais da área de segurança e de instalações militares. Parece que o Estado Islâmico e outros grupos relacionados estão mudando de estratégia para enfraquecer a segurança do país, tornando assim os cristãos ainda mais vulneráveis do que antes. Essa tendência é preocupante”, comenta e conclui um dos colaboradores da Portas Abertas. “Se não é o Senhor que vigia a cidade, será inútil a sentinela montar guarda” (Salmos 127.1b).

Pedidos de oração

Nossos irmãos egípcios estão passando por sérias dificuldades e sendo atacados constantemente. Ore a Deus para que os proteja em todo o tempo.

Peça pelas famílias dos cinco cristãos que foram mortos violentamente por grupos extremistas islâmicos. Que eles sejam consolados pelo Espírito de Deus.

Interceda pela igreja no Egito para que permaneça perseverante em sua fé e que não deixe de crescer mesmo em meio a tanta violência.

Leia também: Vídeo: terroristas ligados ao EI realizam ataque aéreo contra Israel

Deixe o seu comentário no Verdade Gospel.

Fonte: Portas Abertas

6 comentários

  1. RUI ALLIG disse:

    Triste realidade e só se preocupam em abrir cada vez mais as fronteiras a essa gente. Espero que nosso pais não venha a se tornar uma Siria daqui alguns anos. Lembro do que disse Kadafi, que o Islamismo dominaria a europa sem dar um tiro e depois o mundo. E o que esta acontecendo?

  2. A verdade é que Jesus estar voltando, devemos estar apercebidos pois mto em breve ouviremos o soar da trombeta. Oremos.

  3. a palavrade Deus diz que as portas do inferno nao prevalecerao contra a igreja.Jesusgarantiu a vitoria forcapovode Deus

  4. Rennan costa de Souza disse:

    Só Jesus para mudar essa situação

  5. Jones Bidart Lopes disse:

    Sou a favor que seja vedada a entrada de qualquer muçulmano nos paises ocidentais enquanto as autoridades coniventes de paises Islamicos ,não tomarem atitudes para que esta perseguição cessem e assim como proibirem a construção de mesquitas .

  6. silvio ferreira disse:

    Eu fico vendo os comentários no mundo todo sobre a limitação de que os Estados Unidos colocou por até três meses sobre meia dúzia de países islâmicos , e o que acontecem com os cristãos nesses países ninguém dá bola ,a mídia fica calada , com milhares de pessoas sendo mortas covardemente .

Comentários encerrados.