Mundo

No Foro de São Paulo, PT e PCdoB assinam apoio ao regime da Venezuela

A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), disse que o partido manifesta "apoio e solidariedade” ao governo do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), seus aliados e ao presidente Nicolás Maduro "frente à violenta ofensiva da direita contra o governo da Venezuela"

A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), disse que o seu partido manifesta “apoio e solidariedade” ao governo do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), seus aliados e ao presidente Nicolás Maduro

Os dois principais partidos de esquerda do Brasil, Partido dos Trabalhadores (PT) e Partido Comunista do Brasil (PCdoB), subscreveram a resolução final do 23º Encontro do Foro de São Paulo, em defesa do regime de Nicolás Maduro na Venezuela, em meio à escalada de violência política que já deixou mais de cem mortos desde abril, de acordo com o Ministério Público local.

Os referidos partidos políticos participaram do evento que aconteceu em Manágua, capital de Nicarágua, e que reuniu vários partidos de esquerda da América Latina e do Caribe.

Leia também: 260: Venezuela registra maior número de prisões em um único dia desde abril

No dia 6 de abril, Jairo Ortiz, de 19 anos, levou um tiro no tórax durante um protesto. Dias depois, Daniel Queliz, 20 anos, foi morto com um tiro no pescoço.

Os representantes brasileiros no Foro não mencionaram o ataque ao parlamento promovido por militantes chavistas ou as denúncias de violência por parte do aparato militar oficial do Estado.

A resolução do último encontro da organização, realizado em Manágua, na Nicarágua, defende a elaboração de uma nova Constituição que aumenta os poderes de Maduro, exalta o “triunfo das forças revolucionárias na Venezuela” e afirma que a “revolução bolivariana é alvo de ataque do imperialismo e de seus lacaios”.

Presente ao encontro, a senadora Gleisi Hoffmann (PR), presidente do PT, declarou em discurso que o partido manifesta “apoio e solidariedade” ao governo do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), seus aliados e ao presidente “frente à violenta ofensiva da direita contra o governo da Venezuela”.

O evento na Nicarágua, que homenageou o líder cubano Fidel Castro, produziu uma resolução de rechaço ao que foi chamado de “golpe de Estado” no Brasil e de apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Participação reduzida

Oficialmente, o Foro de São Paulo tem sete partidos brasileiros inscritos: PT, PDT, PC do B, PCB, PPL, PSB e PPS. A maioria deles, porém, deixou de enviar representantes ao evento nos últimos anos. “Hoje apenas alguns membros antigos do diretório do PSB defendem o Foro. O regime de Maduro é uma loucura. A Constituinte que ele convocou é uma tentativa de Estado totalitário”, afirmou o deputado Julio Delgado (PSB-MG).

O ex-ministro Roberto Freire, presidente do PPS, disse que estava no início do Foro de São Paulo, mas se afastou. “Era uma reunião na qual existiam partidos que tinham uma visão democrática bem acentuada, tal como nós. Imaginava-se que aquilo iria ser uma organização pluralista. No momento em que passou a ser um instrumento de concepções antidemocráticas e totalitárias que resultaram nessa ditadura venezuelana, o partido se afastou”.

O Foro foi fundado em 1990 por Lula e Fidel. O objetivo inicial era debater a nova conjuntura internacional pós-queda do Muro de Berlim. A primeira edição ocorreu na cidade de São Paulo, daí o nome dado ao encontro. Desde então, ocorre a cada um ou dois anos.

Saiba mais: Vídeo: Foro de São Paulo – saiba quem é o maior inimigo do Brasil; assista!

Deixe o seu comentário no Verdade Gospel.

Fonte: Bahia.ba e Brasil 247

15 comentários

  1. Jonas disse:

    Um recado pra vocês que se dizem cristãos que votam nesses partidos de esquerda. Se eles conseguirem subir ao poder e tiver as forças armadas do lado deles, irão implantar o comunismo no Brasil e a igreja será perseguida, e vocês também serão culpados. Deixem de ser cegos suas marionetes.

  2. Jonas disse:

    Quando estava no processo de impedimento da então presidente Dilma, tanto o pessoal do PT como do PCdoB, diziam que o processo era contra a democracia, como se eles gostassem de democracia. Bando de hipócritas, se eles (PT e PCdoB) pudessem governar o Brasil com poder total fariam pior que Maduro.

  3. Novaes disse:

    O instinto do porco é pela lama! É natureza inerente. O DNA de porcos combina com ideologia suína, mesmo.

  4. Manoel disse:

    Tenório maria vai com as outras, sujeitinho cara de pau. Se é que tu trabalhas, tiras uma férias e vai passear na Venezuela, a fome lá é grande, nem lixo sobra, cachorros de rua para latir e não cair de tão magros se encostam nos postes. O povo não têm alimentos imagine educação dos corruptos.

  5. Marcio Pedro da Silva disse:

    Essa é a mesma esquerda que fala que : É Golpe !

  6. fernando disse:

    O que me causa perturbação é o fato de tantos brasileiros ainda apoiarem o PT e o LULA particularmente. Será que eles sabem ou tem uma vaga idéia do que isso significa ? Não é possivel que existam tantos idiotas entre a população. Os que tem interesses exclusos eu até entendo mas, a maior parte…?!

  7. Só podia ser estes crápulas, se lula morresse eles iam querer embalsama-lo.Comunismo nunca foi isso,apoiar esse tipo de coisa,se é que se pode chamar de governo.Assim mesmo ainda acredito que com estes crápulas o Brasil, ficar pior, o povo na Venezuela ainda estão lutando.E vão vencer aquele estupil

  8. Fazem com Chávez/Maduro na Venezuela o que fazem com Lula/Dilma no Brasil. Algum dos bravos comentaristas sabe como era a Venezuela antes? A Venezuela é o único país latino americano a erradicar o analfabetismo. Assim como no Brasil, a elite apoiada pelos malafascistas, globo e americanos: GOLPE!

  9. Só é enganado por essa turma quem quer ser enganado.

  10. mauro disse:

    ISSO NÃO E NOVIDADE…….COMUNISTA APOIA COMUNISTA SE O BRASIL É. DE ESQUERDA COMUNISTA….UM GOV TOTALMENTE MERGULHADO EM ESCÂNDALOS E CORRUPÇÕES JÁ SE ESPERAVA ISSO ……EU DUVIDO ELES APOIAREM GOVS DEMOCRATA COMO EUA E ISRAEL POLÔNIA QUE NÃO ACEITAM GOVS COMUNISTAS EM SEUS PAÍSES. VERGONHA FORA

  11. Por que esse cara não foi derrubado ainda?

    1. PEDRO ACREANO disse:

      Foi a mais sensata…Valeu….

  12. Manoel Monteiro disse:

    Os representantes dos partidos de esquerda no Brasil “esquerdopatas” são cínicos e descarados. Apoiar o ditador Maduro é uma piada de mau gosto.

  13. José Carlos Baleixo disse:

    uma mudança e tanto para um Partido que lutou contra a ditadura no Brasil. O PR fala tanto em Governo ilegitimo e apoia um Governo rejeitado pela maioria absoluta da população. Realmente o perdeu o bonde da história. Está sem rumo.

  14. Luiz Felipe Radzki disse:

    Queriam implantar isso aqui.

Comentários encerrados.