Colunistas

O desafio de criar filhos para Deus

“Amarás, pois, o SENHOR, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua força.

Estas palavras que, hoje, te ordeno estarão no teu coração; tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te.

Também as atarás como sinal na tua mão, e te serão por frontal entre os olhos.

E as escreverás nos umbrais de tua casa e nas tuas portas.” (Dt 6.5-6)

“E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor.” (Ef 6.4)

“Eis que os filhos são herança do Senhor, e o fruto do ventre, o seu galardão”.

(Salmo 127. 3)

As crianças, seja em que família for, serão seguramente – não principalmente – um problema e uma tarefa. Para que signifiquem alegria, devemos querê-las e amá-las. “Fazer da casa um ninho e não uma jaula” começa antes daqueles primeiros toques e olhares entre o casal e, em seguida, sobre o filho que acaba de nascer disse Lya Luft. Ser pai é ser amigo, sacerdote, parceiro, irmão e companheiro de jornada. É um privilégio que Deus confere ao homem, apesar de a responsabilidade ser tão grande quanto o privilégio. “Filhos não se perde na rua, e sim em casa”, disse a professora e palestrante Marlene Guerrato. (Pv 29.17) Sempre que tratamos desse tema, algumas perguntas são inevitáveis. Por que a inauguração da maternidade e da paternidade, quase sempre gera crise? Os pais são os responsáveis quando o filho se perde, fazendo a opção por uma vida imoral? É possível criar filhos segundo a vontade de Deus, vivendo em uma sociedade onde os valores estão invertidos? O propósito desta lição é responder essas e outras perguntas que com certeza inquietam o coração de muitos pais. Lembre-se, educar filhos é um grande desafio, mas também é um privilégio, porque estamos “criando filhos para Deus”.

UMA MISSÃO QUE EXIGE PREPARO

Uma pessoa estuda anos para ser medico, advogado, dentista, administrador de empresa, engenheiro etc. Ser pai, ser mãe, é uma missão que exige mais do que qualquer outra profissão, porém, quanto tempo o casal investe estudando sobre esta missão antes de gerar o primeiro filho? A maioria dos casais não sabe quase nada sobre “paternidade e maternidade”, quando chega o primeiro filho. Esta ignorância e inexperiência é uma das causas da crise que muitas vezes estremece o relacionamento chegando as vezes ao divórcio.

VERDADES QUE TODO PAI PRECISA SABER SOBRE COMO EDUCAR FILHOS COM SUCESSO.

Um dos maiores exemplos como pai na Bíblia, foi José, pai adotivo de Jesus. Não houve e nem haverá um homem para o qual Deus olhou e disse: “Esse homem pode ser o ‘pai adotivo’ do meu filho.” Deus não entregaria o seu único filho nas mãos de qualquer um para ser educado, treinado, pastoreado. O sucesso da missão de José como pai, com certeza teve como causa a prática de princípios que são imprescindíveis. A Bíblia diz: “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele”. (Pv 22.6) Vejamos quais são as nove verdades que os pais precisam saber para ser bem sucedido em sua missão.

1- Presença vem antes de presentes. Alguns estudos mostram que, em média, os pais gastam menos de 17 minutos por semana conversando com seus filhos adolescentes. Talvez este seja o maior desafio para todos os pais: estarem disponíveis para os filhos. Estar disponível é difícil porque todos temos muito o que fazer, e um dia é pouco para tantas tarefas. Porém, como disse Goethe: “As coisas que mais importam nunca devem estar à mercê das coisas que menos importam”. Você já observou que as coisas mais importantes da vida raramente são urgentes? O tempo é a moeda de maior valor que os pais devem investir na vida dos filhos. Em Dt 6.7, o Senhor diz que os pais deveriam investir tempo na vida dos filhos ensinando a Palavra “…sentado em tua casa e andando pelo caminho, ao deitar-te e ao levantar-te (v.7c).” Houve um pai que ao entrar na quarto do seu filho de oito anos, o pegou de joelho fazendo a seguinte oração: “Oh Deus, faz de mim uma TV, para que o meu pai passe tanto tempo comigo como ele passa assistindo seus filmes preferidos; para que ele ria comigo, como ele ri com os seus programas de humor, para que ele se preocupe comigo, como ele se preocupa quando a TV quebra. Oh Deus, faz de mim um aparelho de TV.” Uma pergunta aos pais, quanto tempo com qualidade vocês investem nos filhos?

2- Relacionamento vem antes de regras. Quando os pais não se preocupam em construir relacionamento, os filhos não levam muito a sério as regras. O melhor amigo/a dos filhos deveria ser os pais, a Bíblia diz “O homem que tem muitos amigos sai perdendo; mas há amigo mais chegado do que um irmão.” (Pv 18.24) Como definir um amigo? Amigo é aquele que ouve, compreende, respeita, é solidário, confia, inspira confiança e compartilha sonhos. Quando os pais não se preocupam em ser amigo dos filhos, eles vão buscar fora aquilo que não encontram dentro de casa, ai está o perigo. Se você é pai, você ouve e compreende seus filhos? Uma filha com treze anos disse ao pai: – Estou gostando de um jovem na igreja, ele tem dezenove anos e quer vir falar com o senhor. Na sua opinião, como o pai deveria responder para esta filha pré-adolescente? A maneira como os pais respondem e agem diante de uma situação como essa, perdem ou ganham a filha ou o filho. Os pais bem sucedidos na educação dos filhos são proativos. (Pv 17.27)

É triste quando um filho diz: “Meu pai nunca se preocupou em ser meu amigo, ele tem tempo para tudo e todos, menos para me ouvir”. Algumas perguntas para você refletir:

• É comum você participar de programas elaborados pelo filho, como uma pescaria, um jogo de futebol, um campeonato de pingue-pongue, um passeio ecológico, etc?

• Os amigos do seu filho são bem recebidos por você quando vão à sua casa?

• O seu filho tem liberdade para conversar sobre qualquer assunto com você?

• Você dá atenção especial quando percebe que o seu filho está vivendo um momento turbulento em alguma área da vida dele?

• Você já chorou com o seu filho algum dia?

• As escolhas e as decisões que o seu filho toma são influenciadas por você?

Lembre-se que, assim como leva um bom tempo entre plantar uma semente e ter uma grande árvore, construir um relacionamento de amizade com o filho também requer tempo, paciência e dedicação.

O seu filho pode dizer hoje: “Meu pai é o meu melhor amigo ou a minha mãe é minha melhor amiga”?

Visite nosso site: www.amofamilia.com.br

Pr. Josué Gonçalves

Pr. Josué Gonçalves é terapeuta familiar, pastor sênior do Ministério Família Debaixo da Graça - Assembleias de Deus em Bragança Paulista – SP, bacharel em teologia, com especialização em aconselhamento pastoral e terapia de casais, exerce um ministério específico com famílias desde 1990.

Veja outros artigos deste colunista

6 comentários

  1. MEU PAI FOI O MEU MELHOR AMIGO. GRAÇAS A ISSO, HOJE SOU QUEM SOU! GLÓRIAS A DEUS POR ISSO!!!!!

  2. cleide disse:

    Ok, Pastor, eu sempre procurei participar de tudo, que foi ou é possível, além do mais ela esta na igreja
    desde 5 anos hoje tem 17 anos e sempre foi nos acampamentos da igreja, nos encontros de juvenis,
    e agora não se envolve mais com nada, não quer saber de parcitipar em coisa alguma. tem dons de louvar e tocar, mais diz que não tem sendo que fez aulas de teclado,guitarra e violão e ainda tocava flauta
    e cantava no coral. depois disso tudo só sei que orar ainda é a melhor solução.

  3. Erikson Portela disse:

    È sempre uma honra poder apreciar os ensinamentos desse grande homem de Deus,pois nos dias em que vivemos todo conselho é imprescindível para a formação de nossos filhos.
    Que Deus os abençoe.

  4. Marcos Paulo disse:

    Amém. Aprendi mais algumas maneiras de como criar meus 2 filhos de acordo com a Palavra do Nosso Deus.

  5. nivaldo disse:

    nossa que liçao aprendi muito, verdadeiramente esse pastor josue é uma bencao pra nossas vidas.

  6. CARLOS MIGUEL TORRES disse:

    É o Eterno(Deus) o criador de todas as coisas, inclusive de filhos para Si, pois é ele quem escolhe e os predestina, portanto, os pais que foram escolhidos por Ele, só podem ensinar seus filhos e esperar que Ele os escolha, também.

Comentários encerrados.