Colunistas

Por que a Reverência aos santos é considerada idolatria?

O texto em Êxodo 20.4,5 é bastante enfático: Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR, teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a maldade dos pais nos filhos até à terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem.

Na época em que a Lei foi dada a Moisés, os israelitas haviam acabado de chegar ao Egito, uma terra cheia de ídolos. Cada deus representava um aspecto da vida, por isso era comum adorar diversos deuses para tentar alcançar o maior número de bênçãos.

Quando Deus disse ao Seu povo que este precisava adorá-lo, a sugestão não pareceu difícil aos olhos dos israelitas, pois seria apenas mais um deus. Mas, ao perceberem que deveriam servir somente ao Deus todo-poderoso, que os libertara da escravidão no Egito, tiveram dificuldade de aceitar a ideia.

Isso é o que acontece nos dias de hoje. Muitas pessoas estendem sua devoção a santos, em busca de uma quantidade maior de benesses.

Infelizmente, muitos católicos, sem o devido conhecimento das Escrituras e confiando apenas no que lhes é ensinado nas missas e catecismos católicos, ainda estão presos a essas crenças antibíblicas, confessando publicamente a sua fé no poder e ministério intercessor de Maria, por exemplo. Eles oram a ela e adoram-na, como se ela fosse a despenseira da graça divina, a estrela da manhã, o refúgio dos pecadores, atributos que pertencem exclusivamente a Cristo.

Eles desconhecem o que a própria Maria disse quanto à condição dela, igual à nossa, de salva por Deus e serva do Senhor: A minha alma engrandece ao Senhor, e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, porque atentou na humildade de sua serva (Lucas 1.46-48).

Nas Escrituras fica claro que Maria reconheceu o ministério e a autoridade de Jesus como Filho de Deus e Messias, e contribuiu com Ele e seguiu-o até o fim. Em texto bíblico algum, vemos que foi dado a Maria qualquer poder ou autoridade para realizar milagres ou interceder pela humanidade, ligando e desligando qualquer coisa no céu e na terra.

Sendo assim, está enganado quem pensa que nós, evangélicos, desprezamos Maria. O que repudiamos e contestamos veementemente são essas concepções errôneas e contrárias à Lei de Deus. Esses ensinamentos têm levado muitos a entregarem-se à idolatria, pecado abominável e expressamente condenado nas Escrituras, bem como a afastar-se da verdade de que ninguém pode ser perdoado e achegar-se a Deus, senão por intermédio de Jesus.

Deus não dá a Sua glória a outrem (Isaías 42.8). Quando alguém adora uma imagem, em vez de adorar a Deus, está dando a outro a glória que só pertence ao Senhor. Então, se um artista, por exemplo, faz uma escultura como arte, não há pecado nisso, mas se alguém a adorar, venerar, ajoelhar-se ou inclinar-se diante dela, ou atribuir-lhe valor espiritual, estará sendo idólatra, e isso é pecado. Portanto, meus amados, fugi da idolatria (1 Coríntios 10.14).

Aliás, deixe-me ampliar o seu entendimento sobre o que é a idolatria, esclarecendo que é tudo aquilo que rouba o primeiro lugar, que pertence exclusivamente a Deus, em nosso coração.

Sendo assim, quem é avaro ama mais o dinheiro do que a Deus; quem é egoísta ama mais a si do que a Deus; quem “tieteia” artista e quem vai à igreja apenas para ouvir padre, pastor ou cantor gospel é tão idólatra quanto aquele que se inclina diante de imagens de escultura, pois cultua ídolos em seu coração. Essa pessoa precisa reconhecer seu erro, pedir perdão e ajuda ao Senhor para mudar, pois os idólatras não herdarão o Reino dos céus (Gálatas 5.20,21).

SUGESTÕES DE LEITURA:

João 14.6; Atos 4.14; 1 Coríntios 6.9; Gálatas 5.19-21; 1 Pedro 4.3; Apocalipse 2.20

Pr. Silas Malafaia

Pr. Silas Malafaia é psicólogo clínico e conferencista internacional.

Veja outros artigos deste colunista

18 comentários

  1. ELIZABETE CUSTÓDIO disse:

    ADORAR SOMENTE A TRINDADE!

  2. Evilásio Aguiar disse:

    Lucas 1.39-45 revela a grandeza da benção que Maria recebeu: ser a mãe do Salvador. Ou seja, Maria como alvo da benção e não como fonte, uma vez que o menino nela gerado pelo ESPÍRITO SANTO, já existia mesmo antes dela existir. Ciente disso, ela proferiu seu cântico de gratidão (ler versos 46/55).

  3. Evilásio Aguiar disse:

    Em João 2.4 está claro e evidente que o Milagre de Caná foi realizado porque JESUS QUIS, NA HORA EM QUE ELE BEM QUIS e não na hora que Maria pediu. Ademais, enquanto estivermos vivos, qualquer pessoa, como Igreja, pode interceder a Deus pelos outros (Ler Tiago 5.16; 1 Timóteo 2.1 e 1 Pedro 2.9).

  4. Evilásio Aguiar disse:

    Está escrito: “Mas, quando vier aquele Espírito de verdade, ele vos guiará em TODA A VERDADE (…); Ele me glorificará, porque há de receber do que é meu, e vo-lo há de anunciar” (João 16:13,14). Aqui fica claro que QUEM NOS LEVA A JESUS É O ESPÍRITO SANTO e não Maria!

  5. Marcos Guimarães disse:

    Caro MARCIO,a Bíblia que é a boca de Deus aqui nessa terra,me diz que se eu não aceitar a CRISTO como Único e Suficiente Salvador a minha alma está fadada ao Inferno e o que passar disto é Anátema.Maria foi um exemplo de mulher,mas será que ela foi mais important do que Enoque e Elias ou Noé e Abraã

  6. marcio disse:

    Olá Marcos. Você está certíssimo, ninguém vai ao Pai a não ser por Jesus, ele é o único Caminho, foi justamente o que escrevi mais abaixo. Não há em todas teologia Católica uma palavra que afirme que Maria nos leva ao Pai. Maria nos leva a Jesus, ela nos mostra Jesus, como fez à Isabel sua parente.

  7. Marcos Guimarães disse:

    Caro MARCIO,o que você acha da passagem em que o próprio Jesus diz que ” Ele é o caminho a verdade e a vida e ninguém vem(ou irá)ao Pai senão for por Ele.” será que é preciso dizer mais alguma coisa ?

  8. marcio disse:

    Maria tem um papel determinante na história da Salvação. Seu papel intercessor junto a Jesus (não junto ao Pai como muitos pensam, pois diante do Pai somente Jesus) é claro em João 2. Em Lucas 1, na visita a Isabel fica claro como ela pode levar a presença de seu Filho ao necessitados.

  9. marcio disse:

    Quem adora Maria está em pecado. Toda adoração somente a Deus (Trindade). Não tenho e nunca tive dúvidas disso. Sou católico e pregamos isso. Infelizmente a falta de conhecimento da maioria dos católicos os prendem a superstições e crendices do sendo comum.

  10. Cristiano Barsante disse:

    Bela mensagem.

  11. MARIA LUCIA RODRIGUES disse:

    MEU CORAÇÃO E VIDA SÃO TÃO FELIZES COM JESUS QUE NÃO POSSO DEIXAR DE DIZER QUE MINHA CONVERSÃO A DEUS OCORREU COM A LEITURA E MEDITAÇÃO DO EXODO 20, CITADO PELO PASTOR. ENTENDI DESDE MUITO CEDO, AOS 6, 7 ANOS QUE ESTAVA ADORANDO UMA IMAGEM DE ESCULTURA E AOS 16 ANOS ENTREGUEI MINHA VIDA A JESUS.

  12. RANI MARA JACOB MIGUEL disse:

    MUITO SABIA PASTOR! OBRIGADA PELAS PALAVRAS.DEUS CONTINUE TE ABENÇOANDO.

  13. Marcos Guimarães disse:

    Neste caso podemos perceber que o próprio título da reportagem responde e encerra a questão,a própria reportagem é alicerçada em vários vs enumerados no Novo testamento,se forem incluídos os vs do Velho Testamento apenas estará mais claro que Deus abomina este e outros tipos de adoração.

  14. Adailton Soares disse:

    Sábias e esclaredoras palavras! Abraços fraternos!

  15. isabela disse:

    Uma mensagem bastante esclarecedora!!!!

  16. Mito bom pastor Silas. Quem dera se as pessoas que assim o fazem, prestasse atenção no que a palavra de
    Deus, ensina, e desse um outro rumo às suas vidas, aceitando a Jesus, como seu Senhor e Salvador.

  17. Eduardo Vieira de Figueiredo disse:

    Esse é um esclarecimento Bíblico verdadeiro para qualquer cristão, que devemos analisar as escrituras cuidadosamente, como já foi mencionado, para dar a Deus e não a outro o que é dele por direito. Vamos estudar a Bíblia? Oséias 4:6 O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento….

  18. fernandes disse:

    Sem comentarios…disse tudo irmao ! Deus é conosco amem !

Comentários encerrados.