Colunistas

Por que os cristãos são contra o aborto?

Porque o aborto não envolve apenas questões teológicas. A biologia, ciência que estuda os seres vivos, afirma que a vida começa na concepção; é contínua, seja intra ou extrauterina, até a morte do ser. Isto também é aceito pela genética, pela embriologia e pela medicina fetal. Se a vida começa na concepção, abortar um ser humano, em qualquer estágio da vida dele, é assassinato.

É por isso que, na Lei mosaica, era aplicada até pena de morte para quem matasse um bebê, mesmo que este ainda estivesse no ventre da mulher e o assassinato não fosse intencional. Leia Êxodo 21.21-25.

Sabe quais as diferenças entre um óvulo fecundado e um bebê? O tempo de vida, o tamanho e a forma, o desenvolvimento e o tipo de nutrição.

O zigoto tem apenas alguns dias de existência, é minúsculo e ainda não se desenvolveu o suficiente para parecer um ser humano, mas é tão humano quanto eu e você, porque possui todas as informações genéticas para crescer e desenvolver-se como tal. Ele se alimenta dos nutrientes no fluido amniótico da placenta, via cordão umbilical. Já o bebê tem mais tempo de vida, é pequeno, apresenta forma humana, e sua alimentação é ministrada pela mãe ou outra pessoa que cuide dele.

Para aqueles que defendem o aborto com base na alegação de que a mulher tem o direito de pôr fim à gestação de um filho indesejado porque ela é senhora do seu próprio corpo, eu gostaria de lembrar que o feto não é uma extensão da mãe. Embora precise do útero dela e tenha uma relação simbiótica com ela, o feto é um ser independente. Logo, ela não tem o direito de tirar-lhe a vida.

O feto tanto não é um prolongamento da mulher que, se o óvulo fecundado dela for transplantado para o útero de outra mulher, ele conservará todas as características étnicas de seus genitores. Assim, se os pais da criança forem negros, ela nascerá negra porque não é o útero da mulher caucasiana que determina essas características, e sim os genes.

Além disso, nenhum ser humano tem o poder absoluto sobre o seu próprio corpo. Nós não temos o direito, assegurado por lei, de pôr fim à nossa vida. Se assim não fosse, suicídio e eutanásia não seriam criminalizados.

E não é só isso! Sou contra o aborto, pois trata-se de violência dos poderosos contra os indefesos. Como um embrião ou um feto indefeso pode defender-se de um aborto praticado por uma mulher que não o ama e deseja e de um médico que jurou defender a vida, mas pratica a morte?

A verdade é que a maioria dos abortos é fruto da promiscuidade e irresponsabilidade de homens e mulheres que fazem sexo sem proteção e com qualquer parceiro. Depois, quando um filho é “concebido acidentalmente”, querem livrar-se do “fruto indesejado” a qualquer custo.

Os grupos feministas e outros liberais de esquerda querem forçar a opinião pública e o legislativo para descriminalizar o aborto. Eles levam a discussão para o campo religioso, apelando para o direito à liberdade religiosa e de pensamento. Mas aborto é uma questão de vida humana!

Esses grupos pró-aborto também alegam que é melhor legalizar essa prática por uma questão de saúde da mulher pobre, visto que ela seria melhor atendida num hospital público do que numa clínica clandestina. Você já tentou ser atendido num hospital público? E você acha que realmente a melhor forma de resolver situações críticas é legalizar tudo o que é errado e ruim só para aliviar a culpa de gente que não se importa com seu semelhante, só para servir a interesses políticos, sociológicos e econômicos?

Para comover a população e obter a simpatia dela à sua causa, os grupos favoráveis ao aborto costumam evocar situações de estupro ou de risco de morte da mulher. Mas esses casos são uma minoria e já são respaldados pela lei. Não devem servir como argumento para a destruição de uma vida inocente, que não pediu para ser gerada e nada pode fazer para se defender contra os que se opõem a ela.

Além disso, os simpatizantes ao aborto deveriam apresentar à população não apenas os argumentos favoráveis à descriminalização dessa prática, mas também os inúmeros problemas que enfrentam as mulheres que já abortaram. Deveriam dizer, por exemplo, que elas correm o risco de ter perfuração do útero e ficar inférteis; que elas têm maior propensão a sangramentos vaginais frequentes, doenças inflamatórias pélvicas, anemia, embolia pulmonar e alto risco de infecções; que, numa segunda gravidez, elas têm dez vezes mais chances de perder o bebê; que são nove vezes mais propensas a suicídios, a surtos psicóticos, à depressão, do que as mulheres que nunca praticaram um aborto.

Em suma, por todos os fatores expostos, nós, evangélicos, somos contra o aborto e a favor da vida humana.

SUGESTÕES DE LEITURA:

Êxodo 21.21-25; Salmos 22.10; 71.6; 139.15,16; Jó 31.15; Isaías 44.2,24; 49.1,5; Jeremias 1.5; Lucas 1.41; Gálatas 1.15.

Pr. Silas Malafaia

Pr. Silas Malafaia é psicólogo clínico e conferencista internacional.

Veja outros artigos deste colunista

27 comentários

  1. Emilia Eler Rodrigues Caldeira disse:

    Sei que muitos após ler estes comentários ainda assim farão um aborto, o meu consolo nisso tudo é que o Senhor receberá essas crianças de braços abertos, e aqui na terra ficará alguém que não tem dignidade, assassino, e que pra sempre carregará consigo uma culpa e um peso, fingindo não saber porque o motivo de sua infelicidade, mas Deus sabe e conhece o profundo de nosso coração. Se vc já fez isso peça perdão se arrependa que o Senhor Jesus não nega o seu perdão e te purifica de todo pecado.

  2. Emilia Eler Rodrigues Caldeira disse:

    Será que se deixar a Criança nascer entregar um pau e mandar a “mãe ou o pai” matar eles fariam? Pra vcs que acham que isso é um absurdo e não tem lógica, a diferença entre a criança nascida e a fecundada é só a idade, 1 dia ou 1 ano, elas não deixam de ser um ser humano, conheço pessoas que abortaram usando agulha de crochê, ficam furando o feto até ele perder a vida, que diferença faz? A única diferença é que vc não esculta o choro , mas a dor e a vontade de viver é a mesma.

  3. jessica disse:

    estou ao seu lado pq na biblia esta escrito que homes e mulheres foram feitos uns para o outro e caso ao contrario estarão profanando contra deus e na biblia esta escrito que esses gay não entrarão no céu; deus esta conosco

  4. Valdecir Duartte disse:

    Parabens pastor Silas, Deus concedeu ao senhor a oportunidade e o privilégio, de ter acesso aos meios de comunicação, para nos defender pois muitos evangélicos que elegemos para ocupar cargos no legislativos ou executivos, quando eleitos contaminam com o sistema do poder que impera no País, porém o senhor reafirmo tem o compromisso com a verdade e na defesa daqueles que querem e que lutam pelo direito da família tradicional no Brasil, Deus te abençôe, continue nesta árdua luta,Deus é contigo.

  5. Edu disse:

    Eu sou contra o aborto na minha casa na minha vida. Do contrário quem é contra o próximo que aborta, e ataca o outro com uma santidade nervosa, então que de uma solução, ou fique calado. Pense nisso.

  6. bruno barros disse:

    Deus nos confiou o don da vida e só. ELE e quem pode eira-la de nós. Eu apoio o pr silas nao por ser evangélico mas por defender aqueles a que nao podem se defender. Parabens silas

  7. Parabéns Silas! Já não bastasse o “mundo”, tem uma multidão de evangelicos para criticar o Sr., mas tem poucos para fazer o que o Sr. esta fazendo. Defendendo a Biblia, a igreja, a familia, que Deus continue te usando na terra. Tenho um amigo na faculdade que não é evangelico, nunca foi na igreja e tem muita repulsa por crentes, mas me disse que viu sua entrevista no SBT “De Frente com GABI” e disse que virou seu fã. Tenho certeza que muitos estão sendo alcançados. Continue Silas! Estamos orando

  8. Higor disse:

    Pra mim a lei brasileira como está hoje está boa: aborto só em caso de estupro ou risco para a mulher, e ambém a questão dos anencéfalos tá ótima, não podemos passar disso.

  9. Herbert Jorge disse:

    pastor, tenho uma duvida, o plano de salvação seria prejudicado se Jesus enquanto homem aqui na terra tivesse casado?
    Na faculdade tivemos essa discussão e no meu ponto de vista sim , agora gostaria de saber se sim ou não e o por que.

  10. fagner disse:

    é isso aeee silasssss aqui nao tem crente ignorante nao sabemos o que falamos e temos base cientifica e principalmente teologica.Jesus é vida e nao morte!!!

  11. lindomar rogado disse:

    pastor silas parabéns,,sabemos que na verdade quem pode dar a vida ou tirar e somente deus,,,muitos na verdade dizem que o corpo é da mulher e que ela o faz o que quiser primeiro que o corpo nunca foi proprio da mulher porque sabemos que quem o criou foi deus gn 1.26,27 gn 2.18,20,21,22,23,24 e por isso vimos que também paulo o diz que o corpo pertencem ao senhor e devemos glorificar a deus em nosso corpo isto é deixar que deus descida se um feto vive ou morre 1co 6.19,20

  12. Rodrigo de Lima disse:

    Como sempre as belas palavras do Pr. Silas, não há diferença nenhuma entre uma pessoa que faz aborto e um Assassino, são tudo farinha do mesmo saco, lamentável essa situação !

  13. Valternei Carlos de Oliveira Brito disse:

    Também sou a favor da vida, continuo orando para que o povo de Deus estejam unidos contra o inimigo da vida, Deus abençoe a todos.

  14. leonardo disse:

    O pastor mais uma vez dando um show nos seus argumentos. Vou até salvar aqui pra mim, pra me armar contra os liberais!

  15. naldo disse:

    olha q tremendo essa frase, “Claro q vc’s aprovam o aborto vc’s já nasceram”. Que essas palavras pudessem entrar no coração dessas pessoas e elas pudessem entender que elas não são donas da razão ao ponto de tentar tirar a vida de alguém. pode ser o futuro (a) presidente do país um medico alguem dedicado ao bem da população alguem pela qual Jesus deu a vida. Senhor muda a mentalidade dessas pessoas. Em Nome De Jesus.

  16. jeré disse:

    quem e a favor ou quem pratica o aborto nao tem sentimento. pastor tamos juntos que Deus o abençoe!!

  17. Sou contra o aborto, e para os que são a favor tenho algo para lhes dizer, é fácil se a favor do abordo, não é mesmo, afinal de contas vocês já nasceram …

  18. ame mais a DEUS,ser mãe é uma dádiva de DEUS.

  19. quem gostaria de ser abortado,mulheres que fazem isso não tem o temor de DEUS.

  20. Lucyana disse:

    Eh isso ai! Tamo junto pastor silas.

  21. Elizabeth Silva disse:

    O aborto nada mais e que uma tentativa de continuar com a promiscuidade de uma manera mais livre, leve e solta. Sou contra qualquer forma de agressao contra a vida.NAO AO ABORTO.

  22. Waldiney Silva dos Santos disse:

    Eles querem a qualquer preço coisificar a vida humana! Isso é um absurdo.

  23. Luiz henrique disse:

    jeremias 1:5
    Antes que te formasse no ventre te conheci, e antes que saísses da madre, te santifiquei; às nações te dei por profeta.

    Uma pessoa não tem o direito de assasinar o feto, pois esse espirito pertence ao Senhor, e Deus ja construiu planos para ele, que grande erro mães, pais e médicos negligentes estão cometendo contra a vontade do Senhor, Deus é justiça
    Naum1:3a
    O SENHOR é tardio em irar-se, mas grande em poder, e ao culpado não tem por inocente;

  24. Luiz henrique disse:

    Otimo texto. os cristão vivem uma vida para cristo, sendo assim semelhantes a Ele.

    Como em 1Co 6.19
    Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?

    como uma mãe vai ter o direito de ir contra os planos de Deus para a vida que está sendo preparada nela.

  25. André Lyra disse:

    O aborto é uma covardia, pois é um ato de violência cometido por uma ou dua pessoas mais forte do que outra(o bebê). 99% fruto da promiscuidade.

  26. Glaucio Roberto disse:

    Ótimo texto. Eu tenho nojo de pessoas que são favoráveis ao aborto, afinal, qual a diferença de matar um recém nascido ou um feto na barriga da mãe?

  27. Saulo Borges da silva disse:

    Concordo e acredito que o senhor esta certo. Deus esta conosco nessa causa Graça e Paz.

Comentários encerrados.