Brasil

Câmara aprova projeto que proíbe ‘palmada’ nos filhos; Veja resposta do Pr. Silas

Foi aprovado nesta quarta-feira (14), na Câmara dos Deputados, o projeto de lei que protege a criança e o adolescente de receber qualquer punição por castigos físicos, as famosas palmadas.

A proposta, que ficou conhecida como a Lei da Palmada, foi aprovada por unanimidade, em caráter conclusivo, na comissão especial criada para analisar a matéria e tem o objetivo de reforçar o controle da Justiça sobre os casos de maus-tratos contra a criança e o adolescente. O projeto segue agora para apreciação do Senado.

O texto original do Projeto de Lei 7.672/2010 teve que ser alterado para que a relatora, Tereza Surita (PMDB-RR), desse seu voto favorável. O termo “castigo corporal” foi substituído por “castigo físico”, que caracteriza qualquer ação de natureza disciplinar primitiva, com o uso da força física, que resulte em lesão à criança e ao adolescente. A palavra “sofrimento” também foi incluída no projeto, considerada como castigo.

A relatora Tereza Surita afirmou que a lei é educativa e que a punição física, por parte de pais e responsáveis quando a criança é desobediente, é uma questão cultural. “É cultural usar a violência na educação, e está mais do que comprovado que a violência não educa. Ela paralisa e não traz reflexão”, disse a relatora.

De acordo com a deputada, nesse cenário, é fundamental a mudança de valores. Ela destacou que o projeto de lei prevê o encaminhamento de casos mais graves para o acompanhamento psiquiátrico e social da criança e do agressor. “Quem agride de uma forma mais violenta também precisa de um acompanhamento”, justificou.

Pr. Silas Malafaia comentou o assunto no Twitter

Na tarde desta quinta-feira, o pastor Silas Malafaia se posicionou no Twitter sobre a aprovação desta lei que proíbe a palmada.

No microblog, Malafaia disse que “essa lei da palmada é mais uma palhaçada de deputado que não tem o que fazer e não entende nada de educação de filho”. E citou a Sagrada Escritura como referência de comportamento humano: “Eu prefiro ficar com a Biblia. Prov 23:13,14. 13- Não retires da criança a disciplina; porque, fustigando-a tu com a vara, nem por isso morrerá. 14- Tu a fustigarás com a vara e livrarás a sua alma do inferno”.

O pastor também enfatizou que quando o assunto entrar em pauta no senado, fará uma campanha para impedir a aprovação dessa lei.

“Nos EUA muitos pais quando vão corrigir seus filhos, são ameaçados. As criancas dizem que vão chamar a polícia se o pai as corrigir”, finalizou Malafaia.

No sábado, dia 24 de dezembro, o pastor Silas Malafaia dará seu posicionamento completo em seu programa de TV (Vitória em Cristo). Não percam!

236 comentários

  1. Sandra disse:

    Gostaria que chegasse ao conhecimento dos que criaram e aprovaram a lei da palmada o vou dizer:
    Não pode aplicar palmada para corrigir e disciplinar a criança para se tornar pessoa de bem mesmo não traumatizando nem matando ninguém, mas querem aprovar o aborto matando a criança antes de nascer. Abortando, isto é, assassinando antes de nascer não precisa mesmo dar palmadas!

  2. Edson Esposito disse:

    Quem dera se todos os políticos brasileiros se inspirassem, em suas decisões, na verdadeira sabedoria que só a Palavra de Deus pode proporcionar.

  3. Carla disse:

    cont. agora tem algumas crianças que são osso duro de roer para essas sobra um castigo mais eficaz. Agora acho realmente que a maior violência contra a criança é o descaso, o desprezo, a falta de compromisso dos pais, a desatenção. Porque existem pais que dão tudo o que o dinheiro pode comprar, brinquedos, escola de primeira qualidade, roupas de marcas, viagens e etc. Mas esquecem de dar amor, carinho e limites.

  4. Carla disse:

    Sou contra o abusos e excessos na educação da criança e também acho que os pais tem o direito de aplicar a correção seja esta castigo ou palmada porque cada pai e mãe que ama de verdade sabe como lhe dar com seus filhos. Para algumas crianças um bom diálogo basta, para outras os pais precisam alterar o tom de voz e para outras e preciso cortar o que eles mais gostam em forma de castigo,

  5. André L. F. Campos disse:

    É o tipo de coisa que acontece quando o povo entrega sua liberdade nas mãos de alguns que nem conhecem. O governo-máquina brasileiro vem simplesmente crescendo mais que devia. E se sentem donos do país, neglegeciando quem são os verdadeiros donos. Quando e se tentarmos resgatar nosso direito de volta pode ser muito tarde. Temos que orar muito para nossos líderes e que o Espírito de Deus caia sobre eles -e todos nós- dando discernimento e temor_respeito- a Deus. Brasil é dos Brasileiros!

  6. Herbert JuNiOr disse:
    24/12/2011 20:43
    Sou a favor do profeta de Deus, o Pastor Silas Malafaia, tem defendido a família, com muita inteligência,
    A Biblia sagrada foi escrita como manual de conduta, quem quer ser feliz, procura segui-lá, e para isso
    É necessário conhecê-lá e para conhecê-lá é preciso ler. A biblia ensina na educação dos filhos. Somente o inteligente faz isso.

  7. Sou pastor evangelico, conheço um pouco da biblia, e me sinto na obrigação de devendê-la, ela me diz que é melhor castigar o filho com vara, do que deixa-lá a mercé do mundo. A posição do Pastor Silas Malafaia é de defender a familia, onde existe familia, existe deveres, direitos, obrigações. Parabenizo esse pastor, que tem sido profeta no meio de uma geração pervertida. A familia é o maior patrimônio da humanidade, precisamos protegé-lá.

  8. Roberto Manoel da Silva disse:

    Quanta bobagem!!!!! Existem coisas mais importantes para estes(as)senadores(as) se preocuparem. A educação é um exemplo: aumentar o salário dos professores, formação de qualidade e ensino básico de qualidade para todas as escolas públicas e não apenas as de referência.

  9. não são as leis que vão resolver os problemas do brasil, e sim quando os brasileiros deixar Jesus entrar em sus vidas, os deputados precisam em se preucupar em banir a corrupcão no brasi para melhorar a educação a saude publica e a nossa segurança e cuidar dos seus filhos e não os dos outros. do meu filho cuido eu.

  10. sebastiao di Paula disse:

    É tanta palhaçada que esses políticos inventam que fica até dificil definir qual a maior, já estamos cheios de painacas e mães nada, meninas de 15 anos se engravidando por falta de presença e autoridade dos pais, agora vem os parlamentares que não acham o que fazer resolvem a se entrometer onde não lhes cabe e nem onde são chamados, turma de gente atoa, deveriam procurar algo grandioso para fazer inventam tanta pataquada, que Deus tenha misericordia dessa nação, graças a Deus pelo povo evngélico

  11. Bom Dia à todos!

    Sinceramente… não entendo a “cabeça” desse pessoal. Eles não sabem o que fazem! E o pior de tudo… somos nós que elegemos esses abençoados. Na realidade, não há como prever esses tipos de ações tomadas por estes. Como um irmão sitou acima, eu também gostaria de saber qual é a forma que eles educam os filhos. O que me tranquiliza, é saber que Deus está à frente de nossas vidas irmãos! ” Criar nossos filhos na presença de Jesus, é sempre será o melhor a se fazer ! “

  12. hugo megaron disse:

    Isso é uma grande palhaçada! o Estado quer intervir até no modo dos pais educarem os filhos, se essa lei for aprovada em carater definitivo vai gerar uma grande insegurança jurídica!

  13. Eu acho uma tremenda palhaçada de quem não tem o que fazer, nunca ouvi dizer que palmadas machucassem alguém, as crianças atualmente já vivem sem limites, não obedecem aos pais, fazem o que dá na telha imaginem só, com essa lei elas vão querer bater nos pais, não podemos mais educar nossos filhos o mundo educa

  14. ROZÉLIA F. ALMEIDA disse:

    MINHA FILHA SEMPRE QUE PODE ME LEMBRA DO ESTATUTO DA CRIANÇA E ADOLESCENTE DIZENDO QUE, SE EU BATER NELA VAI ME DENUNCIAR PRA POLICIA, DIZ ISSO EM TOM DE BRINCADEIRA MAS QUERENDO ME ALERTAR QUE ESTOU ERRADA PERANTE A LEI, MINHA RESPOSTA A ELA É : ” TE BATO QUANDO VC PRECISAR APANHAR, QUEM MANDA NA MINHA CASA SOU EU E SEU PAI, ENQUANTO VC MORAR DEBAIXO DO MEU TETO VAI TER QUE SEGUIR NORMAS QUE EU JULGO SER A CORRETA, SE NÃO SE SUBMETER PEGA SEUS MIJADOS E VAI MORAR LÁ NO CONSELHO TUTELAR”.

  15. Esther disse:

    Glória a Deus Jesus tá voltando!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!1

  16. FERNANDO disse:

    seria interessante verificar que tipo de educação é dada por esses políticos, que não tem o que fazer, aos seus próprios filhos , e ver se servem de modelo pra essa palhaçada.

  17. José Reis disse:

    Depois os filhos, quando adolecentes, vão meter a mão na cara dos pais, pois não aprenderam respeito e foram educados pelas leis imorais da televisão e desse congresso porcaria que temos. Estou com o Pastor Silas, prefiro ficar com a Bíblia, a palavra de Deus. Se for preciso, com muito amor e respeito, vou continuar com as palmadinhas no bumbum dos meus filhos. Prov23:13-14

  18. wanderson fabio da silva gomes disse:

    Realmente trata-se de uma grande palhaada Não se poupem de dar a chamada varinha da correção ou os policiais daram o cacetete da dor isso mesmo silas mete o pau nesses idiotas

  19. Marcio kleber disse:

    Parabens pastor silas malafaia estou com o sr e não abro isto e uma palhaçada das grandes se eles tivessem muito precupados com as crianças ajudariam de outra forma ( ex integração social) ass marcio kleber rj

  20. Estevam disse:

    Segundo a nossa CONSTITUIÇÃO é papel dos pais a educação e conduta dos filhos, e NÃO o estado…..eles querem inverter a coisa…!!!

  21. Adriano Neto disse:

    Se filhos já agrediam e matavam os pais, agora então é que agirão assim desde pequenos. E que lei vai nos amparar, nós, pais????Vão enxugar gelo, isso assim e arrumar projetos de lei mais decentes e importantes para o povo sofrido desse país.

  22. Carlos Costa disse:

    Meu Deus!!!!!! Vejo que realmente em alguns parlamentares falta idéias, olhar melhor para o nosso Brasil e se preocupar mais com a educação, transporte, saúde e etc. Leis que não tem sentido algum, que querem tirar a autoridade dos pais sobre os filhos. Infelizmente esses tais que fazem essas leis, não conhecem a Bíblia. Sou contra maus tratos, violência contra crianças inocentes, agora vc corrigir filhos com uma vara, não é pecado. Claro sem violência, pancadarias e etc.

  23. Roberto disse:

    rs… tá tudo errado nesse país…

  24. Roberto disse:

    Deixe que se o pai não bater a PM bate!!!

  25. Roberto disse:

    No Brasil o maior produtor de desordem é o estado, e a cada dia vem querendo potencializar mais o caos… após kit-gay, mais essa… Enquanto isso a educação ô,0!

  26. eliete ferreira disse:

    Por não terem o que fazer, querem se meter até na educação familiar, isso mostra como não sabemos votar!! Se eles fossem às escolas e vissem indisciplina e a violencia de alguns alunos sem limites, teriam outras coisas para se preocupar, tais como educação de qualidade, menor abandonado, drogas na infância…percebe-se que os nossos deputados não estão preocupados com o que realmente importa!!

  27. leonardo disse:

    sem comentários, é muita palhaçada!

  28. Leandro disse:

    Essa lei é falha pelo fato que quase todos já se manifestaram aqui: é impraticável.
    E, como já sublinhou muito bem o pr. Malafaia, reflete um espírito de certa ociosidade que impera no Congresso…

    Não vamos colocar no mesmo saco os exemplos de pais que espancam seus filhos, situação que já é contemplada pela legislação vigente e até pela Bíblia (1 Col 3.21).
    O problema é que quando uma lei é pouco prática, ela vai ser usada eventual e aleatoriamente, serve para perseguição e injustiça.

  29. edy marcos disse:

    “O abuso impede o uso” Deus deu a Adão varias virtudes no paraíso, só que teve de tirar regalias que Adão tinha. O povo cristão gostava de dançar e tomar vinho, só que teve que tirar. Já pensou os irmãos dançando e tomando vinho hoje dentro da igreja. Então, os pais estão torturando fisica e psicologicamente as crianças, estrupa a alma e o corpo delas, praticam trabalho escravo contra elas definitivamente não estão sabendo educar seus filhos, É papel do estado da igreja da sociedade intervir.

  30. Eudes G. Silva disse:

    Só era o que falatava: agora o Estado quer se meter na educação dos pais; como bem disse o Pr. Malafaia “essa lei da palmada é mais uma palhaçada de deputado que não tem o que fazer e não entende nada de educação de filho”.
    É lamentável ver a educação miserável que nosso país enfrenta, e os políticos teimam a não enxergar isso; como não tem nada pra fazer (que tem e MUUUUUUUITO) inventam essas leis que não ajudam em grandeza nenhuma a sociedade.

  31. danie disse:

    eu fico nervoso não ao ponto de vioencia ,mais me da um negocio quando vejo pessoas grandes com mais de 20 anos nas costas cedendo perante crianças ,ao invés de ensinar que os fihos tem que aprender com os pais, dão a criança a liberdade de decidir oque quer fazer na hora en que bem entender , se a criança começa fazer manha ou chorar porque quer fazer algo ” o banana ou a banana ” cede a todas as vontades da criança ,não ensinando que quem tem que aprender e obedecer são os filhos e não os pais

  32. elton disse:

    que tipo de sociedade esses politicos Analfa. que não tem o que fazer querem para o futuro VCS deveriam fazer leis para melhorias na nossa saúde, nas escolar professores não tem mais autoridades alunos fazem o que bem quer e esta tudo bem

  33. marcio alexandre diana disse:

    Pra quem não esta nem ai com seus filhos,não importam que eles cresçam rebeldes ou vire um marginal,ou uma criança sem limites esta lei vai ajudar muito,mas para os pais que querem corrigir e educar com sabedoria e repreender de uma forma mais energica,isto é,sem espancamentos e agressões vai ficar muito dificil..

  34. jorge escobar disse:

    o que esta havendo em nosso pais é uma inversão de valores, precisamos de programas educativo para as as famílias que ajudem na boa educação dos filhos, disciplina dos filhos, para que tenhamos uma sociedade culta e menos violenta.

  35. Marta S. Oliveira disse:

    Não entendo porque o povo Brasileiro não é consultado através de plebiscito sobre os assuntos polêmicos como esse da lei da palmada, a legalização do casamento gay, kit gay nas escolas, liberalização da maconha, etc, na verdade eles sabem que a maioria discorda, e pôr isso não tem coragem de perguntar para a população em geral. Vamos fazer valer a vontade da maioria minha gente, cobrando que sejamos consultados ao menos pelo IBOPE!

  36. Demetrios disse:

    Mas quanta palhaçada, nas escolas públicas os alunos estão atirando em professores, fumando maconha dentro das escolas, brigando com outros alunos, faltando às aulas pra praticar sexo.
    Está comprovado que a maioria dos pais não tem nenhum controle sobre os filhos e os professores não podem reprovar os alunos por tirarem notas baixas, passam de ano de qualquer jeito.
    Agora não podemos nem corrigir nossos filhos?
    Aonde vamos parar.

Comentários encerrados.