Brasil

Provas contra Lula: 3 mil evidências, 13 casos e R$ 80 mi em propina; saiba mais

Imagem: Reprodução/ÉpocaA Revista Época traz esse semana em sua reportagem de capa a matéria “As provas contra Lula”. A publicação afirma que as evidência em posse da Justiça apontam que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu R$ 80 milhões de empreiteiras. As investigações apontam pagamentos em dinheiro, depósitos bancários e imóveis – para o ex-presidente e para os seus parentes. Confira alguns trechos da matéria abaixo, descritos pelo jornalista Diego Escoteguy.

No fim da tarde de uma segunda-feira recente, o ex-­presidente Luiz Inácio Lula da Silva subiu ao palco de um evento organizado pelo PT em Brasília. Empunhou sua melhor arma: o microfone. Aos profissionais da imprensa que cobriam o evento, um seminário para discutir os rumos da economia brasileira, o ex-presidente dispensou uma ironia: “Essa imprensa tão democrática, que me trata maravilhosamente bem e, por isso, eu os amo, de coração”. Lula estava a fim de debochar. Não demorou para começar a troça sobre os cinco processos criminais a que responde na Justiça. Disse que há três anos ouve acusações sem o direito de se defender, como se não tivesse advogados. “Eu acho que está chegando a hora de parar com o falatório e mostrar prova. Eu acho que está chegando a hora em que a prova tem de aparecer em cima do papel”, disse, alterado. Lula repetia, mais uma vez, sua tática diante dos casos em que é réu: sempre negar e nunca se explicar. E prosseguiu: “Eu quero que eles mostrem R$ 1 numa conta minha fora desse país ou indevida. Não precisa falar que me deu 100 milhão, 500 milhão, 800 milhão… Prove um. Não estou pedindo dois. Um desvio de conduta quando eu era presidente ou depois da Presidência”. Encerrou o discurso aplaudido, aos gritos de “Brasil urgente, Lula presidente!”.

A alma mais honesta do Brasil, como o ex-presidente já se definiu, sem vestígio de fina ironia, talvez precise consultar seus advogados – ou seus processos. Há, sim, provas abundantes contra Lula, espalhadas em investigações que correm em Brasília e em Curitiba. Estão em processos no Supremo Tribunal Federal, em duas Varas da Justiça Federal em Brasília e na 13ª  Vara Federal em Curitiba, aos cuidados do juiz Sergio Moro. Envolvem uma ampla e formidável gama de crimes: corrupção, lavagem de dinheiro, organização criminosa, crime contra a Administração Pública, fraude em licitações, cartel, tráfico de influência e obstrução da Justiça. O Ministério Público Federal, a Polícia Federal, além de órgãos como a Receita e o Tribunal de Contas da União, com a ajuda prestimosa de investigadores suíços e americanos, produziram, desde o começo da Lava Jato, terabytes de evidências que implicam direta e indiretamente Lula no cometimento de crimes graves. Não é fortuito que, mesmo antes da delação da Odebrecht, Lula já fosse réu em cinco processos – três em Brasília e dois em Curitiba. Também não é fortuito que os procuradores da força-tarefa da Lava Jato, após anos de investigação, acusem Lula de ser o “comandante máximo” da propinocracia que definiu os mandatos presidenciais do petista, desfalcando os cofres públicos em bilhões de reais e arruinando estatais, em especial a Petrobras.

A estratégia de Lula é clara e simples. Transformar processos jurídicos em campanhas políticas – e transformar procuradores, policiais e juízes em atores políticos desejosos de abater o maior líder popular do país. Lula não discute as provas, os fatos ou as questões jurídicas dos crimes que lhe são imputados. Discute narrativas e movimentos políticos. Nesta quarta-feira, dia 10, quando estiver diante de Moro pela primeira vez, depondo no processo em que é réu por corrupção e lavagem de dinheiro, acusado de receber propina da OAS por meio do tríplex em Guarujá, Lula tentará converter um ato processual (um depoimento) num ato político (um comício).

Se não conseguir desviar a atenção, saindo pela tangente política, Lula terá imensa dificuldade para lidar com as provas – sim, com elas. Nesses processos e em algumas investigações ainda iniciais, todos robustecidos pela recente delação da Odebrecht, existem, por baixo, cerca de 3 mil evidências contra Lula. Elas foram analisadas por ÉPOCA. Algumas provas são fracas – palavrórios, diria Lula. Mas a vasta maioria corrobora ou comprova os crimes imputados ao petista pelos procuradores. Dito de outro modo: existe “prova em cima de papel” à beça. Há, como o leitor pode imaginar, toda sorte de evidência: extratos bancários, documentos fiscais, comprovantes de pagamento no Brasil e no exterior, contratos fajutos, notas fiscais frias, e-mails, trocas de mensagens, planilhas, vídeos, fotos, registros de encontros clandestinos, depoimentos incriminadores da maioria dos empresários que pagavam Lula. E isso até o momento. As investigações prosseguem em variadas direções. Aguardem-se, apesar de alguns percalços, delações de homens próximos a Lula, como Antonio Palocci e Léo Pinheiro, da OAS. Renato Duque, ex-executivo da Petrobras, deu um depoimento na sexta-­feira, dia 5, em que afirma que Lula demonstrava conhecer profundamente os esquemas do petrolão. Existem outras colaborações decisivas em estágio inicial de negociação. Envolvem crimes no BNDES, na Sete Brasil e nos fundos de pensão. Haja prova em cima de papel.

Trata-se até agora de um conjunto probatório, como gostam de dizer os investigadores, para lá de formidável. Individualmente e isoladas, as provas podem – apenas – impressionar. Coletivamente, organizadas em função do que pretendem provar, são destruidoras; em alguns casos, aparentemente irrefutáveis. Nesses, podem ser suficientes para afastar qualquer dúvida razoável e, portanto, convencer juízes a condenar Lula por crimes cometidos, sempre se respeitando o direito ao contraditório e à ampla defesa – e ao direito a recorrer de possíveis condenações, como qualquer brasileiro. Não é possível saber o desfecho de nenhum desses processos.

Ainda assim, os milhares de fatos presentes neles, na forma de provas judiciais, revelam um Lula bem diferente daquele que encanta ao microfone.

Deixe o seu comentário no Verdade Gospel.

Fonte: Época

41 comentários

  1. Luiz Felipe Radzki disse:

    A autoridade está sobre os ombros de JESUS CRISTO.

  2. edmo paiva disse:

    Vejam a pérola do Gerson Camarotti(Grobo): “….estas delações COMPLICAM muito a vida de Dilma…..”.
    quer dizer que meras delações são por si só, verdade?
    As delações complicariam a vida de Dilma SE forem verdadeiras…..
    Isso só evidencia o que o Lula tem falado deste embuste chamado de Globo…

    1. Wellington disse:

      EXATAMENTE!

  3. Douglas disse:

    “Justiça” brasileira é parcial… Se investigassem vários políticos com o mesmo empenho que investigam o Lula, teríamos muitos presos. Mas no caso do Lula tem outros interesses políticos-partidários no meio. A questão não é parar de investigar o Lula, e sim investigar a todos da mesma forma.

    1. Wellington disse:

      DISSE TUDO!!!

  4. Wellington Siqueira da Silva disse:

    LULA 2018!!!

  5. Edson Manoel disse:

    Senhor Carlos Tenório, aqui não é lugar de destratar as pessoas! Não deixe os sentimentos ruins lhe dominar! Paz!

  6. marcelo de jesus pereira disse:

    O POVO BRASILEIRO SABE NÃO SOMOS “BURROS” A QUESTÃO DO LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA NÃO SÓ SE TRATA DA CORRUPÇÃO,MAIS SIM DO SEU NOME NA PRÓXIMA ELEIÇÃO 2018 EU PROVO.A MÍDIA DIZ:QUE LULA É PENTA NA LAVA JATO VOCÊS SÓ PODEM ESTÁ DE BRINCADEIRA KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK MENTE VAZIA É OFICINA DO DIABO.

  7. Edson Manoel disse:

    Meu Deus, com tantas evidências!! Eu me pergunto porquê este camarada ainda não foi preso? Será que ele agora escapa?

    1. Idiota, evidências são objeto de investigação, se chegar à alguma prova, então o acusado terá o direito de se defender. Diferentemente do que acontece na república de Curitiba, onde o Moro é o delegado, o procurador, o advogado de acusação e ainda se sente apto a ser o julgador. VERGONHA!!!!

  8. marcelo de jesus pereira disse:

    AECIO NEVES -ROMERO JUCAR-PADILHA -SERRA-GEDEL-RENAN CALHEIROS OU OS “””””INOCENTES””””DA LISTA DO FACHIN,PERGUNTO:PORQUÊ NÃO HÁ PRESSÃO OU INVESTIGAÇÃO NOTADA OU ATÉ MESMO AMEAÇA DE PRISÃO???????

  9. marcelo de jesus pereira disse:

    Prendê LULA e depois arranjar uma mameira de acabar com a LAVA JATO é muito fácil E?????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

  10. O interessante que em vários discursos dele pelas redes sociais nos eventos do PT, ele falou “é só me convocar para depor que eu vou, para saber do que eu estou sendo acusado”. Só que agora ele já entrou na justiça através dos seus advogados para cancelar a sua ida à Curitiba. Por que desse pavor?

  11. Herman Joao Froeder Neto disse:

    cont 2 ,,, de ver seu líder-mor preso. Mas, se for julgado devidamente, será. Agora ou depois. Ainda tem muito esgoto para rolar. Até lá, revire-se na cama e tenha longas noites de insônia! Como o seu chefe… Solidariedade é isso, não?!!

    1. Se fosse tratado no limite da lei, segundo grandes juristas, não há razão nem mesmo para abrir inquérito. Só há condenação e convicção, sem provas. A primeira feita pela imprensa, a segunda feita pelo MPF e inflada pela imprensa. Se tivesse uma prova já teriam prendido e humilhado o Lula. BOBÃO!

  12. Herman Joao Froeder Neto disse:

    cont 1… absolutamente tranquilo com relação a isso. Além do que, SM não tem a palavra final e mesmo que mande prender lula, você sabe que ele não ficará preso. Ele tem muitos “amigos” para soltá-lo. No Brasil, cadeia de fato, é só para ladrão de galinha. Sei que a esquerda não quer passar pelo…

  13. Herman Joao Froeder Neto disse:

    con 1… raciocine só um pouco, se tiver dois neurônios funcionando. Donde o lula tira tanta grana para bancar advogados caros? Ou eles trabalham de graça? Quero ver onde vai enfiar a sua cara após tudo isso vir à tona. Não pense que já sabemos tudo. A turma de Curitiba não é trouxa como os ptralhas

  14. Herman Joao Froeder Neto disse:

    Acorda, Tenório e deixe de falar asneiras. Você pergunta onde está o dinheiro e eu pergunto: sendo Lula um retirante do Nordeste e metalúrgico(não dono de metalúrgica) como “ganhou” tanto dinheiro para si e os seus? Você está fazendo papel de “idiota útil”, meu camarada. Deixa de ser tonto e…

    1. O Lula mora num aptº em que morava antes de ser presidente. Procura saber como ele conseguiu esse aptº. Os sigilos, bancário,fiscal e telefônico dele e de toda a família foram quebrados, mas o patrimônio é compatível com a renda.Faça o mesmo com o FHC. Procure saber como ele e Serra se enriqueceram.

  15. Jora disse:

    Esse Tenório além de ser petista tem a boca suja. E bem o estilos desse povo. Misericórdia

    1. A diferença entre os nossos comentários está no número infinitamente maior de neurônios que eu tenho.

  16. Matheus Souza disse:

    E ainda tem petista, lulista e esquerdopata, pedindo provas contra Lula! Atitudes assim, não parecem normais ou razoáveis! Acho que pessoas assim, estão à beira do precipício do normal e do aceitável!

  17. Luiz Felipe Radzki disse:

    Jesus libertou a nós. Pode libertar Carlos Tenório, Lula, Dilma e outros. É só permitir que Êle o faça.

    1. Jornal:Ao juiz Sergio Moro, o empresário Ricardo Pessoa, delator da UTC na Lava Jato, isentou o ex-presidente Lula de participação no esquema de corrupção na Petrobras que ajudava a abastecer o caixa do PT. Segundo Pessoa, Lula nunca tratou de propina por obras da estatal, nem o ex-ministro Palocci.

  18. Teo disse:

    Carlos Tenório; sem ofensas, você deve ser a favor do P T; as provas existem, a Lava Jato não é politica, e sim justiça. Está mexendo na ferida da corrupção, a verdade virá, basta para o Brasil, ser passado a limpo.

    1. Herman Joao Froeder Neto disse:

      Caro Teo, ele não deve ser “a favor do pt”, ele é fanático defensor do pt e de lula. Alguns, até mais esclarecidos do que ele, estão pulando do barco. Ele faz questão de morrer afogado. Que morra!!! A verdade triunfará, não tenho dúvidas e quero ver mtos desses na cadeia. Lula lá… também.

    2. Jornal:Ao juiz Sergio Moro, o empresário Ricardo Pessoa, delator da UTC na Lava Jato, isentou o ex-presidente Lula de participação no esquema de corrupção na Petrobras que ajudava a abastecer o caixa do PT. Segundo Pessoa, Lula nunca tratou de propina por obras da estatal, nem o ex-ministro Palocci.

  19. Santos disse:

    Contra fatos; não existem argumentos, ninguém está acima da Lei, seja quem for, até um ex presidente.
    A verdade prevalecerá; nosso país precisa ser passado a limpo, vamos orar e apoiar a Lava Jato.
    Nosso país é maior que a corrupção; nem tudo está perdido.

    1. Jornal:Ao juiz Sergio Moro, o empresário Ricardo Pessoa, delator da UTC na Lava Jato, isentou o ex-presidente Lula de participação no esquema de corrupção na Petrobras que ajudava a abastecer o caixa do PT. Segundo Pessoa, Lula nunca tratou de propina por obras da estatal, nem o ex-ministro Palocci.

  20. Luiz Felipe Radzki disse:

    Um ateu, sem Jesus, idólatra e enganador de muitos.

    1. Luiz, julgar, em relação às coisas do espírito, não é um atributo humano. Julgar sobre as coisas do mundo se faz conforme a lei. As leis que aí estão, só são mais duras porque no governo Dilma foram endurecidas. Nos governos petistas é que a PF e MP puderam investigar e prender, antes não! BOBÃO!

  21. O processo judicial exige provas. A delação só tem valor jurídico se acompanhada de provas. No caso de acusações por corrupção tem que existir o subornado, o subornador, e a prova do suborno – de um lado o pagamento,de outro lado o benefício. 03 anos de força-tarefa investigando e cadê o dinheiro?

    1. J R T disse:

      O dinheiro? simples, é só investigar a fortuna do lulinhadrão, pronto, achou (os) criminosos, pai e filho, quanto as provas? fique tranquilo, a justiça sabera encontar, dizem que mentira tem perna curta mas eu digo que NÃO TEM PERNAS, portanto não pode andar, logo sera descoberta. KKKKKKKKKKKKKKKKKK

    2. …nem a mansão de Trancoso/BA. Para comprar o aptº de Paris,FHC teria que ser presidente por 40 anos. E a Fazenda de Buritis/MG?E o aptº de Barcelona para a Kenga?E o aptº em Higienópolis/SP?O imóvel onde funciona o instituto FHC?Quebrem o sigilo da filha do Serra, do filho do FHC e deles próprios!

  22. Com os mais potentes instrumentos de investigação do mundo–a NSA,FBI e Departamento de Justiça na cooperação internacional,os bancos de dados do Banco Central, Receita,Coaf,as interceptações telefônicas e as delações premiadas–a equipe da Lava Jato não conseguiu levantar 01 prova sequer contra Lula.

    1. Léo Pinheiro, ex-executivo da OAS, ainda não fechou a delação. Mas já admitiu não ter provas com base em uma desculpa padrão: Lula pediu para ele destruir todas as provas. E ele destruiu.

    2. Se matou, tem que ter cadáver, do contrário não há crime. Se roubou, tem que ter o dinheiro. Já vasculharam as contas do Lula e de toda a família, até agora nada! Nem na lista daSuiça, nem na lista da Panama Papers, nem na lista dos 200 da Odebrecht. Cadê as provas e o produto do roubo? BABACAS!

    3. A confissão de Renato Duque é de uma pessoa presa e acuada,com ameaça de ficar preso pelo resto da vida.Tem tanto valor quanto a confissão de um prisioneiro no pau de arara.Ou seja,a confissão sob tortura não tem valor jurídico.Inclusive a constituição de 88 aboliu toda e qualquer forma de tortura!

    4. Herman Joao Froeder Neto disse:

      Você, Sr Tenório, já teve acesso a tudo isso que citou? Nós ainda não sabemos da missa um terço. Aguarde e confie – como dizia o Didi trapalhão. Fique tranquilo que o SM é tranquilo e sereno e só prenderá o lularápio se tiver provas. Não se assanhe tanto, deixe a justiça fazer seu papel. Eu estou…

    5. Manoel disse:

      Na verdade, diante dos homens, se faz necessário uma prova para que o réu seja considerado culpado, mas aos olhos de Deus, Não!
      “E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele com quem temos de tratar” Hebreus 4:13.

    6. Manoel disse:

      Em tempos passados, sempre votei no Lula, agora, já não voto mais. A prova da corrupção PT, é clara, basta observar o grande abacaxi recebido pelo Presidente Temer.
      Pena que a Dilma, saiu do poder pela vontade popular, quando deveria ter saído por um bom golpe parlamentar (toque de caixa).

Comentários encerrados.