Gospel

Psiquiatra afirma que a prática religiosa gera vida longa

Em uma entrevista exclusiva à revista Veja, do mês de outubro, o psiquiatra americano Harold G. Koenig afirmou que a fé religiosa ajuda as pessoas em diversos aspectos da vida, como na redução do stress, no incentivo a práticas saudáveis, no conforto em momentos difíceis, entre outros benefícios.

Professor universitário, há quase três décadas ele se dedica a estudos que relacionam religião com saúde.

Koenig tem 60 anos e nasceu em uma família católica, mas por influência da esposa frequenta a igreja protestante.

Autor de muitos livros e mais de 300 artigos sobre o tema, Koenig acredita na existência da relação entre frequência da prática religiosa e longevidade, o que, segundo ele, aumenta a sobrevida das pessoas em torno de 35%.

Os estudos do psiquiatra apontam para três fatores que influenciam a saúde de quem pratica uma religião: as crenças e o significado que elas atribuem à vida, apoio social e adoção de hábitos saudáveis. “Tanto os mandamentos religiosos quanto a vida em comunidade estimulam a boa saúde”, disse.

Os que se tornam religiosos na vida adulta são beneficiados, especialmente, no quisito psicológico e social. “A vida passa a ter mais sentido”, afirmou, pois a vida em comunidade traz esperança e relacionamentos com indíviduos com a mesma visão de mundo.

Para o psiquiatra as enfermidades que melhor respondem à prática religiosa são as relacionadas ao stress, como as disfunções cardiovasculares e a hipertensão, pois tendem a ser mais reativas a disposição mental de cunho religioso.

Nos casos em que a religião se torna uma fonte de stress (sentimento de culpa ou mal-estar por não conseguir cumprir as obrigações religiosas etc) a forma com que Deus é visto pelo indivíduo fará diferença em sua saúde. “Por isso, acho que faz bastante diferença acreditar em um Deus amoroso e misericordioso”, declarou.

Relacionamento médico paciente

Para Koenig os médicos não recebem treinamento apropriado para fazer abordagem religiosa com seus pacientes, nem sabem como responder a perguntas sobre o tema caso sejam questionados por eles. O estudioso explicou que tanto no Brasil como nos EUA são poucas as faculdades de medicina que tratam do tema, pois, historicamente, existe uma grande divisão entre religião e ciência.

“Ajuda muito o médico puxar assunto com o paciente sobre o que ele pensa da existência de milagres ou se quer receber orações. O paciente tem de estar seguro de que o médico não vai ignorar ou fazer pouco-caso de suas carência espirituais”, ressaltou Koenig.

Deixe o seu comentário no Verdade Gospel.

19 comentários

  1. emerson disse:

    uma grande verdade!! Jesus disse: eu vos dou vida e vida em abundancia. isso reflete também na aria da saude do corpo, pois na Biblia encontramos as receitas certas pra todas as dificuldades e impossibilidades que encontramos nesse mundo. eu acredito que todos que a leem,e creren no Senhor Jesus, vão encontrar a verdadeira felicidade.

  2. poliana disse:

    Eu sou grata a Deus por q ate aqui ele tem me sustentado coisa q so ele mesmo faz pos so ele sabe da minha vida e so de eu esta aqui escrevendo este comentário ja éum grande milagre pois se não for ele na minha vida eu não séria nada. As pessoas que não tem Deus não tem paz pois a verdadeira paz esta em cristo que deu sua vida por mim e por vc somente por teo amar coisa q ninguém faria . Por isso é que eu sirvo a este Deus grandãa coisa q vc também deveria fazer. ele é a paz q vcs estão falando.

  3. Juliana disse:

    Glória a Deus!! Um médico que acredita em Deus! Que bom!!! =)

  4. selma disse:

    os médicos estão certo,em suas opinião. tenho um irmão gemio que um e evangélico outro e católico,um tem abito e vida saudável outro não dorme na hora certa um perto do outro pare te 15 anos de deferenca por motivo não cuida da saúde , seus hábitos .por iso o sono a alimentação ,amigos etc td faz parte de uma vida saudável.

  5. e uma grande verdade sabemos que o senhor jesus ha vida e vida com abundancia ao sue filhos amados

  6. Gilmario Xavier Lopes disse:

    eu concordo plenamente com o doutor eu graça deus sou evangelico e tenho uma vida saudavel em nome de jesus terça-feira irei completar 51 anos e pela misereccccordia de deus nçao sinto nada, tudo p honra de jesus

  7. Gilmario Xavier Lopes disse:

    eu concordo com o doutor plenamente eu graça a deus sou evangelico e tenho paz em jesus cristo e tenho uma saude muita boa irei completar 51 anos no dia 16 de outubro e graça deus nçao sinto uma dor de cabeça mas tudo p honra de jesus cristo amen.

  8. Adriana disse:

    E a mas pura verdade , só quem tem experiencia com Deus sabe que isso e verdade .

  9. Roberli disse:

    A vida eterna ? rsrsrsrsr, é claro que temos vida longa, não fumamos,não bebemos, alias, nos evangelicos,pois outros “”critãos” mandam ver a cervejinha

  10. Alberto Santos Montes disse:

    Acredito no que diz o medico e Dr. Harold G. Koenig, pois as doenças psicossomaticas que tem alastado o ser humano é ausencia de Deus, embora alguns crentes em Jesus pode até passar por tais situações, e isto é também muitas vezes falta de um profissional evangélico nesta area, para o ajudar para que a Palavra de Deus permaneça no coração. pois Deus disse que daria pastores com sabedoria e inteligência. para apascentar e aperfeiçoar. EFESIOS 4:10,12.

  11. Antônio nagib disse:

    Se o dr. Harold conhecesse um pouco a biblia ele nao perderia tempo fazendo pesquisa pois, entre as bênçãos que Deus deixou para os que o amam, para os SEUS FILHOS também esta a longanimidade. A propósito, nãos é a primeira vez que a ciência só confirma aquilo que a biblia já falav a séculos. Um abraço.

  12. Itiel Monteiro de Lucena disse:

    Não é somente esse ilustre doutor que tem chegado a esta conclusão através de seus estudos,muitos outros também. Isto é uma resposta aos ateus,humanistas,racionalistas e outros preconceituosos que acham que a religião não serve para nada

  13. johnny disse:

    se essa pratica fosse adotada pelos medicos a resposta ao doencas seriam bem mais amenizada quem saber um dia isso aconteca

  14. Rodrigo/AVEC disse:

    A esperança de uma vida feliz,de paz com comunhão com o SENHOR faz com que nosso estresse do dia a dia diminua drasticamente.A nossa qualidade de vida sobe e muito,ficamos mais otimistas ao enfrentar problemas,ficamos serenos,na paz.Ao contrário de pessoa que não crêem em DEUS,que vive uma vida turbulenta,por mais que achem que DEUS deles sejam dinheiro,isso não traz felicidade.Hoje tenho menos que antes em termos financeiros,mas minha felicidade esta nas alturassss..Glória a DEUS!

  15. Adriane - Estados Unidos disse:

    A medicina e’ realmente uma bencao de Deus para a humanidade. As vezes reclamo com o meu marido pelo fato de ele ter largado a faculdade de medicina. Ele foi aceito por 2 universidades americanas para estudar medicina e escolheu somente 1 e estudou somente por 6 meses. Entao decidiu estudar por 4 anos engenharia quimica + 4 anos quimica e hoje ele trabalha como engenheiro quimico, mas ele estaria bem melhor se decidisse se tornar um medico.

  16. Ingrid Dirgni disse:

    OH GLORIA! E é vdd mesmo, essa é uma das promessas do Senhor, para akeles q andam nos seus caminhos, de acordo com sua vontade: LONGEVIDADE. Leia o Salmo 128 e confira, é um dos Salmos q mais amo.

  17. lucas Calixto disse:

    Puríssima Verdade. A Palavra de Deus traz vida, e Vida com Abundância.

  18. ALCERIO disse:

    nossa…como precisamos em nossa sociedade pessoas q pensem como este médico. as vezes uma depressão ou outras doenças, q na maioria das vezes são relacionadas a sentimentos teriam um tratamento bem mais eficaz se os médicos atentassem com mais seriedade para o lado psicológico das pessoas, atentando para oq, muitas vezes seria uma necessidade de uma simples atenção e amor…tá faltando amor neste mundo, principalmente o de Deus….

  19. HELIO PIRES disse:

    Concordo integralmente com o artigo do Doutor Koenig pois em suma o que ele disse é:a maneira como nos relacionamos com as pessoas revela a maneira como nos relacionamos com Deus.

Comentários encerrados.