Brasil

STF autoriza quebra de sigilo telefônico de ex-auxiliar e de amigo de Temer

A quebra dos sigilos atingem a duas pessoas ligadas ao presidente Temer: o ex-deputado Rodrigo da Rocha Loures (à esq.) e o coronel João Baptista Lima (à dir.)

A quebra dos sigilos atingem a duas pessoas ligadas ao presidente Temer: o ex-deputado Rodrigo da Rocha Loures (à esq.) e o coronel João Baptista Lima (à dir.)

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou a quebra dos sigilos telefônico e telemático (e-mails e mensagens) de duas pessoas ligadas ao presidente Michel Temer – o ex-deputado Rodrigo da Rocha Loures (PMDB) e o coronel João Baptista Lima. Rocha Loures foi assessor de Temer na Presidência da República. Lima é amigo do presidente.

A decisão de Barroso foi tomada dentro do inquérito que apura suposto favorecimento de interesses da empresa Rodrimar no porto de Santos por meio de um decreto presidencial.

Leia também: PGR parte para cima de irmão de Geddel; coronel amigo de Temer também ‘foge’

Na mesma decisão, Barroso também autorizou quebras de sigilos do dono da Rodrimar, Antonio Celso Grecco, e do diretor da empresa Ricardo Mesquita. Eles negam ter feito pagamentos ilícitos em troca de supostas vantagens por meio da edição do decreto.

Em razão do mesmo caso, o ministro já havia determinado a quebra do sigilo bancário do próprio Temer. O presidente nega ter cometido irregularidades e disse que dará à imprensa “acesso total” às informações do extrato bancário.

As informações foram divulgadas na noite desta segunda-feira (12) pelo site do jornal ‘O Globo’.

Segundo o jornal, a decisão de Barroso foi tomada no último dia 27 de fevereiro, mesmo dia em que ele autorizou a quebra do sigilo de Temer.

Saiba mais: Barroso altera critérios do induto de natal concedido por Temer

Deixe o seu comentário no Verdade Gospel.

Fonte: G1

2 comentários

  1. João Guilherme disse:

    O que eu acho interessante nos ministros do STF é que o Lula passou fazendo coisas erradas que vieram atona para todos o Brasil e os ministros do STF ficaram caladinhos e agora com o presidente Temer, eles estão com uma eficiência descomunal nas investigações. Por que hem?

  2. Mauro Dias disse:

    SE FOSSE EM PAÍSES CONFIÁVEIS COMO EUA ESSES DOIS QUADRILHEIROS COMUNISTAS E OUTROS QUE OS CERCAM JÁ ESTAVAM PRESOS A MUITO TEMPO ESSES TRIBUNAIS DE EXCEÇÃO QUE AÍ ESTÁ COMO STF STE SÃO TODOS CONIVENTES COM ESSAS CASTAS E PARTIDOS GRAMICISTAS MARKCISTAS QUE EXERCE O PODER OPRIMINDO O POVO DE BEM…

Comentários encerrados.