Brasil

Suspeito de matar caminhoneiro com pedrada se entrega à polícia

O crime aconteceu no última dia 30. Pedrada matou na hora o caminhoneiro José Batistela, de 70 anos

O crime aconteceu no última dia 30. Pedrada matou na hora o caminhoneiro José Batistela, de 70 anos

Willians Maciel Dias, suspeito de matar o caminhoneiro José Batistela, de 70 anos, com uma pedrada na cabeça, se entregou à polícia. Dois dias depois de ter a sua foto divulgada pela Polícia Civil, o homem de 32 anos procurou a polícia na tarde desta quinta-feira (7) em Vilhena, a cerca de 700 quilômetros de Porto Velho. O crime ocorreu no último dia 30 de maio.

Por volta das 14h30, o homem se apresentou acompanhado por um advogado. Conforme relata o G1, Williams admitiu em depoimento ter jogado uma pedra de um quilo contra o caminhão de Batistela, a qual atravessou a para-brisa e atingiu mortalmente a vítima na cabeça. Ele vinha conduzindo outro carro na pista oposta a do caminhão quando decidiu arremessar a pedra, de baixo para cima.

“Ele pegou a pedra dentro do veículo e jogou, com um braço do lado de fora enquanto dirigia. Isso bem próximo da ocasião em que estava cruzando com o veículo da vítima”, explicou o delegado Nubio Lopes, em declaração reproduzida pelo portal.

Deixe o seu comentário no Verdade Gospel.

Fonte: Notícias ao Minuto

Um comentário

Comentários encerrados.