Brasil

Justiça mantém bloqueio de R$ 4 milhões de ex-presidente da Petrobras

Imagem: Agência PetrobrasA 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região manteve nesta terça-feira (5), por unanimidade, o bloqueio de R$ 4 milhões das contas correntes do ex-presidente da Petrobras Aldemir Bendine, que se encontra preso preventivamente desde 31 de julho, no âmbito da Operação Lava-Jato.

O bloqueio foi imposto pelo juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, por ocasião da prisão do executivo. A defesa entrou com recurso no TRF4, relatando não haver provas suficientes de que Bendine teria recebido dinheiro desviado de contratos com a Odebrecht, conforme relatado por delatores da empreiteira.

Os desembargadores João Pedro Gebran Neto, Victor Laus e Leandro Paulsen entenderam haver indícios suficientes para justificar o bloqueio, entre eles uma anotação na agenda de Marcelo Odrebrecht, ex-presidente-executivo da empreiteira.

Deixe o seu comentário no Verdade Gospel.

Fonte: Correio Braziliense

Um comentário

  1. João Guilherme disse:

    Alem desses bandidos de colarinhos brancos, terem de devolver todos dinheiros que roubaram, eles têm de passar uns longos anos na cadeia, até para servir de exemplo para outros que pensar fazer a mesma coisa.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*
*

Você tem caracteres para usar.