Brasil

47 comentários

  1. Naldo disse:

    Desembargador plantonista JAMAIS tem competência sobre processo que já foi distribuído para outro desembargador do mesmo tribunal! Esse tal Favreto vai responder a procedimento na Corregedoria e CNJ, e espero que seja exemplarmente punido pela tentativa de trapaça que fez! E CHORA, PETRALHADA!!!

  2. Naldo disse:

    Quem tem dúvidas do que é competência jurisdicional, uma dica: vá ler o Código de Processo Penal antes de escrever bobagens. Quando um processo está num Tribunal e já tem um relator (desembargador relator) NÃO PODE um outro desembargador plantonista interferir neste processo. E CHORA PETRALHADA!!!

  3. stenio disse:

    os petralhas e so mim mim mim kkkkkkkk

  4. cadeia neles… se Moro é juizeco o Lula é politiqueiro kkkkkkkkk e ainda falam na cara de pau que o corrupto tá preso sem provas… mais um lobo solitário defendendo seu corrupto de estimação. lamentável.

  5. Mari disse:

    A minha indignação com esses esquerdopatas que as vezes chego a me sentir mal! Fica a qui o meu protesto, boa semana pastar Silas.

  6. Naldo disse:

    Chora Petralhada! O Luladrão seguirá preso, aceitem que dói menos. Não adianta ter seu personal desembargador federal, com manobras sorrateiras de fim de semana em processo que não possui poder de julgar, que não tem como soltar o pilantra! E é melhor JAIR se acostumando pois o Brasil vai mudar!

    1. Jurista rebate Dodge:Quem prevaricou foi Moro,e não Favreto.A PGR,Raquel Dodge,pediu ao STJ abertura de inquérito contra o desembargador Favreto,do TRF da 4ª Região,sob o argumento de que o magistrado pode ter cometido ato indevido de ofício para satisfazer a interesse ou sentimento pessoal.

    2. No entanto,na peça de 21 páginas apresentada por Dodge ela omite totalmente a atuação do juiz Moro,da 13º VF de Curitiba,que sem competência para agir,pois era o juiz de 1º grau e de férias em Portugal,atuou para impedir a execução da decisão,afrontando a hierarquia do STF e fabricando o impasse.

    3. Para o ex-conselheiro do Conselho Nacional de Justiça, José Norberto Campelo, admitir que um juiz de primeiro grau imponha sua vontade pessoal em detrimento de uma decisão judicial proferida por órgão superior “é algo muito grave que jamais poderá ser admitido”.

    4. Ele aponta ainda que o impasse gerou“de modo esdrúxulo”duas decisões no mesmo habeas corpus, sendo uma por Favreto,plantonista e único competente para atuar durante o plantão, e outra pelo relator Gebran Neto, neste caso a quem seria dirigido o pleito logo no primeiro dia útil após o plantão.

    5. A decisão do desembargador Favreto pode ser questionada como todas as decisões jurídicas. A decisão não é ilegal e ele tinha competência, não tenho dúvida. Quem não tinha competência para praticar nenhum ato processual era Sergio Moro e Gebran. (Portanto Naldo eu fico com a opinião do jurista).

    6. Dodge: rápida e implacável com Favreto, omissa com a República de Curitiba.Raquel Dodge já representou contra o desembargador que concedeu liberdade a Lula em duas frentes. Numa delas, no Conselho Nacional de Justiça, pede a pena máxima para Rogério Favreto: a aposentadoria compulsória.

    7. Enquanto isso, as denúncias sobre a polêmica indústria da delação premiada repousam na mesa da comandante do Ministério Público Federal. Dodge notabiliza o uso de dois pesos e duas medidas quando o assunto é Lula e os abusos da República de Curitiba.

  7. Matheus disse:

    E o Moro é o quê?

  8. Matheus disse:

    Silas é um emotivo metido a analisar tudo, mas no fundo só sabe gritar. Busca desqualificar quem pensa ao contrário dele e ainda tenta pregar um Jesus vingativo como ele. Silas não coloque Jesus nos seus discursos cheio de ódio e rancor. Seu Crivella é santo afinal é seu amigo.

  9. Ivan disse:

    Você envergonha todos os dias a igreja, e mesmo assim quer criticar o pt. Hipócrita!

  10. Silvac disse:

    Que tal lideranças evangélicas pararem de falar mal do PT e do Lula que já foi julgado tá preso e se preocupar mais com as coisas de Deus afinal tudo aqui é passageiro e não vai mudar nada tudo vai piorar é bíblico MT 6_33

  11. everton disse:

    Esse apadriamnemto tem que acabar nesse pais, bandido tem que ser tratado como o tal. Um partido onde todos os seus ministros estão envolvidos em escândalo de corrupção, é mais do que prova que ninguém desse partido merece respeito algum e principalmente quem os apoia.

  12. Naldo disse:

    O segundo ponto que quero falar, este tem a ver com “hierarquia”. Não existe hierarquia entre juízes de diferentes instâncias. O que existe é hierarquia de decisões. E o desembargador que proferiu o tal “habeas corpus” em favor de Lula agiu contra a hierarquia das decisões do tribunal onde é juiz.

  13. Naldo disse:

    JAMAIS um juiz plantonista pode ir contra a decisão de um outro juiz cuja hierarquia de decisões seja igual (no caso, ambos desembargadores) que exerce poderes sobre aquele processo. Apenas o STJ (tribunal de hierarquia superior) poderia mudar a decisão do TRF 4.

    1. Naldo disse:

      Von, não sou professor, mas uma aula às vezes ajuda. Quando eu digo “Juiz” , refiro-me a um cargo que inclui também desembargador, ministro do STF e STJ, alem de desembargador federal ou do trabalho. Todos eles são juízes, embora de instâncias diferentes. Espero ter explicado o primeiro ponto.

    2. Naldo disse:

      Von, eu não sou professor, mas uma aula às vezes ajuda. Quando eu digo “Juiz” , refiro-me a um cargo que inclui também desembargador, ministro do STF e STJ, alem de desembargador federal ou do trabalho. Todos eles são juízes, embora de instâncias diferentes. Espero ter explicado o primeiro ponto.

    3. Claro que você não é professor, graças a Deus, o que um burro poderia ensinar! Só se for a outro burro como o seu candidato!

  14. Na sua decisão, Laurita também criticou a conduta do desembargador plantonista do Tribunal Regional da 4ª região (TRF-4), Rogério Favreto, que concedeu liberdade ao ex-presidente, no último domingo (8). E se fosse o Abdelmassih?

    1. Herman Joao Froeder Neto disse:

      Tenório, não misture alhos com bugalhos.Vocês, ptralhas, deviam estar envergonhados e calados num canto e não falando tantas bobagens aos quatro ventos. Vocês envergonham a nação e a cidadania. Chega de tantas chicanas!!!

    2. Eu não votei no Aécio,nem no Alckmin, nem o Cabral, nem no Crivella, nem no Dória, nem no Geddel, nem no Eduardo Henrique Alves, nem no Azeredo. Eu não voto em partidos submissos ao mercado financeiro e sua meca, o USA. Eu votei e voto no melhor de todos os presidentes, condenado sem provas!

    3. Favreto foi do PT. E o Gilmar? E o Moraes? E o Barroso? E o Moro? Ayres Britto militou no PT e ferrou o PT no mensalão…O jurídico saiu de cena e o político dominou o Judiciário. O Judiciário brasileiro, salvo honrosas exceções, se transformou em comitê eleitoral dos golpistas,escancaradamente!

  15. William disse:

    Desembargador canalha e esquerdeupata

    1. Ministra que negou HC a Lula já mandou Abdelmassih para casa durante plantão. Laurita Vaz criticou desembargador plantonista, mas foi questionada por já ter tomado decisões quando estava de plantão. Esta não é do PT e nem de esquerda, seu filhote de Malafascista e fascitopata.

    2. Naldo disse:

      Quem soltou o Roger Abdelmassih foram os petistas Ricardo Levandokwski e Gilmar Mendes. Estude um pouco mais antes de sair por aí falando besteira, Carlos Tenório. Ops, desculpe. Pedir pra petista não falar besteira é o mesmo que pedir para boi não mugir. É melhor JAIR se acostumando, Lula já era!!!

  16. Marcelo Jesus disse:

    EM QUALQUER LUGAR DO MUNDO JUIZ RESPEITA E CUMPRI DECISÃO DE DESEMBARGADOR AINDA QUE SEJA CONTRARIO AO SEU PENSAMENTO……

  17. Marcelo Jesus disse:

    decisão judicial não se discute se cumpri sendo, petista, pmdbista ou diabista não importa tem que cumprir.
    SERGIO MORO PODE FAZER O QUE QUISER COMO JUIZ E NÃO DAR EM NADA .

  18. Rogner disse:

    Pois é depois de mais essa estamos vendo que a maçonaria não ta tudo aquilo não

  19. Nilton das Neves disse:

    Essa coisa chamada de juiz, tá mais para capataz de fazenda

  20. Coelho disse:

    Pastor, o senhor é jurista para dar opinião a respeito de decisões judiciais ?

  21. Adilson disse:

    Desembargador petista?E os ministros psdebistas, e Moro? Malacheia usa esse sofisma porque sabe que seus pentecospatas são semi analfabetos. Acho que Malacheia pensa que Deus não existe, esse canalha com certza é ateu.

    1. Favreto foi do PT. E o Gilmar? E o Moraes? E o Barroso? E o Moro? Ayres Britto militou no PT e ferrou o PT no mensalão…O jurídico saiu de cena e o político dominou o Judiciário. O Judiciário brasileiro, salvo honrosas exceções, se transformou em comitê eleitoral dos golpistas,escancaradamente!

  22. Naldo disse:

    Num país sério, este “desembargador” que concedeu o habeas em favor do Lula, sem poderes legais para fazer isso, seria expulso do Judiciário. Um processo que tem juiz não pode ser sorrateiramente avocado por um juiz sem poderes para opinar sobre seus fatos e concedida uma ordem dessa natureza.

    1. van disse:

      Vc tá mal informado demais. quem deu o habeas não foi um juiz, foi um desembargador, na hierarquia está acima do Moro, é chefe do Moro. E Moro está de férias em Portugal, portanto fora da sua jurisdição. Moro não podia interferir.Vamos ver no que vai dar.

    2. Anderson Miranda disse:

      @van, qualquer desembargador não está acima de um colegiado que já proferiu sentença nos moldes da lei, nem está acima da própria lei.

    3. Naldo, e essa aí? Ministra que negou HC a Lula já mandou Abdelmassih para casa durante plantão. Laurita Vaz criticou desembargador plantonista, mas foi questionada por já ter tomado decisões quando estava de plantão.

    4. A presidente do STJ, ministra Laurita Vaz, foi quem negou, nesta terça-feira (10), um habeas corpus movido a favor do ex-presidente Lula, que solicitava a soltura do petista. E se fosse o Temer ou o Aécio?

    5. Naldo disse:

      Assim, MANTENHO o que disse antes: ESTE JUIZ (OU DESEMBARGADOR, COMO PREFERE) PLANTONISTA, NUM PAÍS SÉRIO, SERIA, NO MÍNIMO, EXPULSO DO JUDICIÁRIO, por tomar uma decisão de fim de semana que JAMAIS, DIGO JAMAIS MESMO, poderia ter sido tomada, pois ele NÃO TEM PODERES PARA TANTO!!!

    6. Naldo disse:

      Ou seja: existe um juiz (ou desembargador, como prefere) que atua no processo, seu nome é Gebran Neto, o qual exerce a função de “relator” do processo do ex-presidente (e réu na ação penal) Luis Inácio Lula da Silva. Este juiz sim é quem tem poderes para decidir, e não o plantonista que deu o habeas

    7. Quem não tem poderes legais para praticar o que pratica, e aceito porque é contra Lula e o PT, é o juizeco Sérgio Moro. Quem não tem poderes legais é o desembargador que invadiu a competência do plantonista para impedir o cumprimento de um despacho fundamentado na lei. Bobão!

    8. Naldo disse:

      Carlos Tenório, deixe de ser analfabeto, vá ler o Código de Processo Penal e depois conversamos. Desembargador Plantonista não tem poderes sobre um processo que já tem desembargador relator! Pelamor de Deus, não sabe o que está falando, não fale, senão só vai passar vergonha mesmo! Chora, petralha!

Comentários encerrados.